publicidade

Viver: exercício constante de cair e levantar.

E o que é a vida senão um constante exercício de aperfeiçoar-se?

Reinventar-se, errar, aprender, errar de novo e recomeçar; adoecer, curar-se; andar por estreitos e tortuosos caminhos na doce missão de se descobrir, de se fazer feliz; o erro ajuda, ajuda a melhorar, a se afastar do que faz mal e adoece.



Enquanto tivermos fé, persistência e amor, pouca coisa nos faltará! ajuda a conectar-se com algo maior, faz saber que somos muito pequenos diante da imensidão do universo ao qual pertencemos; somos pó, em essência, pó do início ao fim.

Persistência é o segredo de todas as pessoas bem-sucedidas, é não se desanimar na primeira queda, é saber levantar mesmo machucado, é insistir incansavelmente no sonho que se tem.

E o amor, este garante que tenhamos força suficiente para encarar a dureza e a beleza da vida.

Estamos aqui para construir histórias, florear memórias, marcar vidas e tocar corações; estamos aqui passeando, cantarolando e vibrando raios de energia por onde andamos; deixe que seus raios sejam reluzentes e coloridos; positivos e iluminados; que todo mal, velado, disfarçado ou escancarado bata em retirada a partir deste momento.


A palavra tem poder. (Bem) diga. Exerça! Atraia bons fluidos para sua vida, este é o segredo.

Diga todos os dias: tenho boa saúde, tenho amor, tenho bênçãos, nada me falta; tenho pais, filhos, amigos. Deixe o amor encontrá-lo. Ache paixões arrebatadoras, passageiras e leves, mas não se perca do amor calmo, sereno e encantado.

Dance mais. Cante também. Só não fique parado. O mundo gira e você tem o dever de acompanhar o ritmo frenético da batida luminosa da beleza de viver. Seja humilde, simples e gentil!

O importante não são os bens que você acumula ao longo de sua trajetória, não são os anéis que você coleciona; o que realmente tem valor são as parcerias formadas, a qualidade dos encontros que teve – encontros de almas e energias parecidas com a sua, corações esperançosos e leves, isto basta, isto é que importa.

Cumprimente o padeiro, abrace o porteiro; dê bom dia ao gari. Faça uma criança sorrir, ouça essa risada; seque a lágrima de um amigo; aproveite o colo de mãe e o mimo da avó.


Saiba (ser) humano, o mundo precisa disso, urgentemente!

Tire os olhos dos seus smartphones por um minuto e aprecie o brilho do sol, sinta a brisa do mar, toque as folhas caídas em cima do seu carro depois de um dia chuvoso; veja a tristeza do mundo ao redor, dos sem teto no seu bairro, olhe a desgraça, para aprender a valorizar suas graças.

Aproveite os momentos felizes, pois não é sempre que eles nos brindam.

Estude. Leia. Aprenda. ESCREVA. Seja curioso. Não se esqueça de ouvir também, silêncio é importante. Sem lamúrias. Sem tragédias gregas ou romances de Shakespeare. Lembre-se: tudo termina bem, oras! Afinal, entre gregos e troianos, salvaram-se todos.

Avante, levante, ande!

Na vida só vence quem luta, enfrenta, persiste e aguenta – aguenta o rombo, sobe barranco, pega no tranco e se levanta a cada tombo – arrumando o cabelo, limpando os joelhos indagando:

– Qual foi aí, vida? Se era pra tombar, tombei! Levante-se! Ânimo!

 

______

Direitos autorais da imagem de capa: sasamihajlovic / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.