Pessoas inspiradoras

Vizinhos arrumam casa e emprego para jovem que morou nas ruas por dois anos. “Salvaram minha vida!”

O jovem Antoine foi tirado das ruas por uma verdadeira rede solidária formada por moradores e empresários, que decidiram ajudá-lo a ter uma vida digna.



Imagine quão horrível deve ser viver nas ruas de uma grande cidade e não ter um teto sobre a cabeça ou uma cama onde passar a noite. Quem vive nessas condições está sujeito a todo tipo de perigo, violência, sem falar do enorme risco à saúde, afinal, se um morador de rua já não tem condições de se alimentar, que dirá cuidar da própria saúde.

Outro agravante é a maneira arrogante como grande parte das pessoas trata essa população. Muitos comerciantes, condutores e outros moradores tratam quem vive nessas condições de forma humilhante, por vezes o agridem, ofendem.

E há quem ainda ousa dizer que só mora nas ruas quem quer, quem não quer trabalhar, só quer viver à custa dos outros e ignora completamente o que as fez chegar a essas condições.


Enfim, não há nem como mensurar o sofrimento de uma pessoa nessas condições. O jovem Antoine, por exemplo, sentiu na pele como é passar por essa situação.

Por dois anos, o rapaz vagou pelas ruas de Argelés, na França. Nesse período, ele enfrentou sol e chuva, dormiu ao relento, comeu sobras de comida encontradas no lixo e soube como é triste viver sem ter nenhum amigo ou familiar para o apoiar.

Ou melhor, Antoine tinha uma amiga, sua cachorrinha Laika. Mas depois de tanto sofrimento essa dupla inseparável viu suas vidas mudarem de uma hora para outra, graças à solidariedade de almas bondosas.

Uma verdadeira rede de solidariedade formada por moradores e empresários do bairro onde ele passava a maior parte do tempo se formou para mudar o destino do rapaz e de sua melhor amiguinha. Ao ver a situação dos dois, os voluntários encontraram um lar para Antoine e Laika em no máximo uma semana.


Um comerciante da cidade, chamado Jean-Charles, doou uma jaqueta, cobertores e comida, para que o rapaz pudesse se alimentar nos dias que viriam.

Mas as boas notícias na vida do rapaz não pararam por aí. Graças à repercussão do caso nas redes sociais, outros vizinhos e comerciantes de Argelés conseguiram um emprego para Antoine como operário numa fábrica. Ou seja, graças à bondade de desconhecidos, Antoine e sua fiel companheira Laika agora têm um teto, o que comer e ainda uma forma de se sustentar. “Eles salvaram minha vida!”, agradeceu Antoine, conforme publicação do jornal France Blue.

O que aconteceu com Antoine deixa claro que quando todos nós nos juntamos para ajudar o próximo, tudo pode melhorar, e não só na vida das outras pessoas, mas também no mundo!

O que você achou da iniciativa dos moradores de Argelés?


Responda-nos nos comentários e compartilhe essa demonstração de empatia e solidariedade nas suas redes sociais.

Ele catava comida no lixo e se tornou o chef de cozinha dos ricos e famosos!

Artigo Anterior

3 razões mais comuns pelas quais as pessoas traem, segundo a psicologia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.