Você deve amar um introvertido de forma diferente…



Você deve nos amar pacientemente. Como introvertidos, gostamos de levar as coisas devagar. Você precisa aceitar que é, simplesmente, como somos programados – refletimos sobre todas as experiências que temos, pensamos em tudo, levamos tempo para processar como nos sentimos. Você não pode se ofender com isso.

Quando você ama um introvertido, tem que construir uma base com ele, você deve dar-lhe tempo.

Você deve abrir-se para nos manter interessados. Os introvertidos admiram conversações profundas. Muitas vezes é difícil namorar, porque não encontramos validação na atenção fugaz que os relacionamentos modernos fornecem.

Nós não queremos passar o tempo falando sobre clima, ou ouvir sobre seus planos de fim de semana. Queremos saber o que o inspira, o que incendeia sua alma. Queremos conversar com você sobre ideias e objetivos. Queremos mergulhar nos seus sonhos e na sua imaginação selvagem.

Você tem que nos amar tranquilamente. Os introvertidos não gostam de relacionamentos desesperados. Não precisamos ter fotos nossas publicadas no Instagram o tempo todo, e grandes exibições de carinho em público podem nos deixar ansiosos.

Quando você amar um introvertido, ame-o suavemente. Afaste-o da multidão e beije-o. Enrole um cobertor ao redor dele quando dormir no sofá. Faça um café para ele pela manhã. Ame-o intimamente, num espaço que existe para vocês dois, e ele sempre vai se sentir nutrido.

Você deve respeitar a nossa reflexão. Os introvertidos têm uma imaginação estridente. Temos um mundo muito caótico dentro de nossas mentes. Pensamos demais. Nós sonhamos em matizes e música, criamos histórias. Às vezes, nós nos deixamos levar por essas histórias, em devaneios. Não leve isso para o lado pessoal – não estamos ignorando você. Quando ficamos calados, estamos observando nossos próprios cérebros, estamos em um lugar completamente diferente. Não estamos tristes, deprimidos ou antissociais. Estamos explorando nossos pensamentos.

Precisamos recarregar. Os introvertidos energizam-se de forma diferente dos outros. Nós ficamos em nossos quartos, lendo livros e nos perdendo em músicas. Vagamos pela cidade livremente, tomando café devagar e apenas em nossa própria companhia. Não precisamos de espaço porque queremos terminar ou porque não queremos passar tempo com você.



Precisamos de espaço porque é assim que nos alimentamos, é assim que alimentamos nossas almas.

Você precisa entender como amamos. Os introvertidos têm círculos sociais muito pequenos, e é preciso muito para que nós deixemos as pessoas entrarem.

Nós não podemos sempre falar sobre nossos sentimentos, porque as palavras são muito simples para expressar nossas emoções profundas, mas se o fizermos parte de nossa vida, saiba que cuidaremos de você.

Saiba que você é especial, pois é assim que mostramos nossa adoração. Essa é a nossa mais alta forma de intimidade e nosso dom mais amado.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Thought Catalog






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.