8min. de leitura

Você é a criação mais rara e espetacular que o mundo inteiro já viu!

Você está lutando e relutando em se olhar no espelho porque não gosta do que vê? As coisas nunca parecem ficar bem em você, pois seu corpo não é como você gostaria que fosse?


Você não consegue ver nada em você que te agrade? E nem sequer se lembra, da última vez que se sentiu bem com a sua aparência?

Então essa leitura é para você e garanto que, depois dela, você irá olhar-se de uma forma diferente!

Então, vamos lá!

Se levarmos em consideração, a luta incessante do mercado da moda, que cria a cada dia mais teorias do corpo perfeito, iremos, de imediato, perceber que alguns padrões vão sendo formados, padrões inalcançáveis e corações sendo quebrados, pessoas morrendo diariamente, tentando encaixar-se! Frustrando-se, pois isso não é possível!


Diante dessas ditaduras, que impõem uma forma mecanizada, da maneira correta de ser, de se vestir, de agir, e de pensar, deixarei aqui uma pergunta para você refletir.

O que você está fazendo consigo  você mesmo diariamente? Como você tem se tratado?

O momento em que sua autoestima foi jogada, literalmente, no abismo, encontra-se no momento em que você começou a comparar-se com o outro.


Foi a partir desse ponto que você se afastou e, aos poucos,  perdeu-se do que você de fato é, para tentar ser o que o outro quer que você seja!

Hoje, você descobrirá uma coisa que ficará guardada para sempre dentro do seu coração, uma coisa que talvez nunca te disseram antes e, se porventura, alguma vez você já ouviu, talvez não tenha dado o devido valor.

Mas, agora, a partir desse momento, você vai entender o valor que tudo isso citado acima tem sobre a sua vida.

Você é a criação mais rara e espetacular que o mundo inteiro já viu!

E você deve estar se perguntando agora: como assim?

A resposta para essa pergunta está na própria pergunta!

Você é a mais bela formosura que esse mundo já viu, porque você é único!

Por mais defeitos que você pensa ter, (porque você não tem defeitos, você é perfeito em sua essência), o mundo nunca viu e nunca mais verá,  alguém como você! A forma da sua existência foi feita exatamente para você, isso logo de cara já excluí a possibilidade de se comparar, pois a sua essência é, inquestionavelmente, única e incomparável!

Suas células, todas elas, são unicamente suas, elas se auto destroem diariamente, criando novas células, como em um exército que se move para que você tenha a vida, e essa vida deve ser abundante!

Seus nervos, ossos, tendões, ligamentos, músculos, são milimetricamente moldados, para formar essa linda e deslumbrante estrutura viva que você chama de corpo!

Seus olhos, e as cores que estão neles, são a mais linda criação de Deus, e eles foram feitos para que você possa ver-se tal como é!

Cada fio de cílios, que compõem seu olhar, foi contado e tem o tamanhos exato, para que possam tornar seu olhar envolvente e incrivelmente único!

Você faz bom uso  dessa parte de você? Visto que os olhos são os espelhos da alma?

O formato dos seus lábios, foi desenhado, cuidadosamente, para que pudessem expressar a doçura que existe dentro de você! Você vem cantarolando ao mundo e a você mesmo, o que merece ouvir?

Seus cabelos, suas ondas, suas curvas, seus quilinhos, a mais ou a menos, estão aí para te mostrar que seu corpo está ativo o tempo todo e que você é saudável para locomover-se e realizar tudo o que desejar!

Suas funções corporais que não funcionam como você queria e fazem com que você adoeça, são resultados da falta de amor que você tem consigo mesmo!

Quantas vezes por dia você se trata com respeito? Quantas vezes por mês você respeita os dias que seu cabelo acorda diferente ou que você não se sente bem fisicamente? Como você se trata nos dias ruins? Acho que a palavra correta aqui seri:, como você se ‘’ maltrata’’ em dias ruins?

Você tem todas as maiores beldades do mundo dentro de você, apenas esperando que você as descubra, mas você prefere se comparar com o que vê na TV, mesmo sabendo que aquilo não é real. Quando você vê as fotos de sua infância, e olha dentro de seus olhos, você vê que nada era feio, tudo era perfeito, afinal, você era uma criança!

Pois é, essa criança ainda está aí dentro sendo oprimida, diariamente com as suas comparações, e os pensamentos que você tem a seu respeito.

Se você pudesse se encontrar com você mesmo, com 5 anos de idade, o que você diria? Você diria que é feio, que seu corpo é estranho? O que você diria para aquela criança?

Creio que não conseguiria dizer as coisas que diz a você mesmo hoje, no entanto, você faz isso toda vez que se sente inferior, todas as vezes que não respeita seus dias ruins!

O primeiro passo para melhorar o seu amor-próprio é começar,, aos poucos, a construção de uma autoestima, – ‘’ auto= si próprio’’, estima = ‘’ afeto’’, ou seja, construir em si mesmo, um auto afeto, um autorrespeito, entendendo que você é exatamente como deve ser e, o fato de ser diferente, não te torna inferior, e sim único!

Cada parte do seu corpo, reflete aquilo que você vê! Se você começar a se ver com respeito, começar a se amar verdadeiramente, todas as suas células vão apresentar ao mundo o que está dentro, e as pessoas vão perceber que tem algo a mais em você; e sabe seus defeitos? Aqueles que te deixavam para baixo? Eles serão imperceptíveis aos olhos alheios, pois serão amados por você!

Para te ajudar nessa caminhada, deixo abaixo um exercício, simples, rápido e eficiente.

Ao levantar pela manhã, escolha uma trilha sonora que lhe transmita paz, retire todas as suas roupas e fique de frente ao espelho. Aproxime-se e olhe-se dentro dos seus olhos sem se distrair, por 5 minutos.

Após passar esse tempo, diga em voz alta! Eu te amo.

Comece a analisar, cuidadosamente, cada parte do seu corpo… passe as mãos, sinta a textura da sua pele, analise sua cor, suas pintinhas, tudo! Então, junte todo seu carinho, e diga a cada parte sua: eu te amo pernas, eu te amo barriga… e assim, em todas as partes!

Após ter feito isso, olhe novamente dentro dos seus olhos, e diga: Eu te perdoo!

Agora, você está livre de todas as amarras que você colocou, livre para amar-se,  respeitar-se em essência, livre para deixar para trás as dores da comparação e construir uma relação concreta, palpável e íntima, entre você e a sua autoestima!

E jamais se esqueça: antes de tudo,  ame-se! O resto, é consequência!

Por- Luana Costa- Borboleta Azul.

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: innervisionpro / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.