Você é o coadjuvante ou o protagonista de sua vida?

Desperte sua veia artística e comece a escrever o melhor enredo para sua vida. Não aceite mais o papel de coadjuvante, você veio para esse palco da vida para ser o protagonista!

Nesse palco do teatro da vida, vivemos a dualidade. Somos autores e atores de nossa própria peça teatral. Infelizmente, muitas pessoas ainda não se deram conta que estão representando no palco da vida um enredo de sua própria autoria.

Em sua turnê por esse planeta, talvez você esteja no papel de coadjuvante, encenando o drama “lamúrias e lamentações”. Isso porque, desde cedo, você foi condicionado a acreditar que a vida é um campo de batalha. Seus pais, educadores ou pessoas que você admirava disseram-lhe sobre como é difícil viver.

Assim, você cresceu acreditando ser pobre, doente, fracassado ou desprovido de inteligência.

Na verdade, você aprendeu a representar vários papéis em sua vida, escritos por outros autores. Ou seja, você é o coadjuvante de sua própria história. Desperte sua veia artística e comece a escrever o melhor enredo para sua vida. Não aceite mais o papel de coadjuvante, você veio para esse palco da vida para ser o ator principal.

Escreva o enredo de sua história cheia de aventuras e emoções positivas. Neste novo enredo, em determinadas cenas, você não terá o controle dos acontecimentos. Pois, nessa peça teatral podem aparecer velhos atores de outras encenações. Assim, você encontrará diversos gatilhos e armadilhas representando os vilões com o papel de mostrar a você o caminho da purificação.

Não fique esperando as coisas acontecerem, faça a sua parte e o universo fará a dele. Já dizia Mário Quintana: “(…) Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal… Quando se vê, já terminou o ano… Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê, passaram 50 anos! (…)”.

Faça da sua vida um espetáculo! Observe a sua volta e descobrirá fantásticos personagens, com a função de contribuir para o seu crescimento.

Comece agora a plantar novas sementes e assim poderá, futuramente, colher melhores frutos. Não utilize de muletas ou desculpas para negligenciar a sua parte, pois enquanto permanecer com os velhos padrões mentais, os seus resultados permanecerão inalterados.

Sempre é hora de recomeçar, se não estiver contente com a peça apresentada, reescreva um novo capítulo. Comece agora mesmo! Saiba que a mudança mais significativa a fazer é uma mudança interior.

Não queira começar essa mudança no outro, pois ele apenas reflete o seu interior. Se quiser mudar o reflexo, mude sua postura diante do espelho.

Portanto, seja o protagonista principal de sua história. Cada dia é um novo capítulo, veja o que deu errado no capítulo anterior e reescreva a cena novamente. Reescreva a mudança que você precisa, reescreva a felicidade em sua vida, reescreva o sorriso mais sincero, a alegria da alma e a amizade genuína.

Escreva para sua vida o melhor enredo e durante a encenação dedique-se de corpo e alma, assim, quando a peça teatral terminar, você será aplaudido de pé. Pois você possui um talento único e nasceu para brilhar.

Não deixe a cortina do teatro da vida se fechar, sem que você deixe espalhadas pelo palco pequenas porções de amor.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: leszekglasner / 123RF Imagens



Deixe seu comentário