Você está vivendo a vida que escolheu viver através de suas atitudes, percepções e escolhas

Suas escolhas e decisões são reflexo de quem você é.  O que você escolher determina o que você vai viver e com quem vai conviver. 

O que você decide, o que você permite, é o que acontece e continua. ‘Simples’ assim.



Sim, porque não existem culpas, existem consequências; porque o plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória.

Não adianta esperar uma colheita de flores se estiver plantando espinhos.

Não adianta esperar uma resposta positiva da vida e do Universo, se estiver constantemente reclamando e emanando negatividade. 

Você reclama que quer uma vida melhor, que precisa ganhar mais dinheiro, mas se recusa a ir além, não aceita nem por um segundo abandonar sua tão amada zona de conforto, não se arrisca, não estuda, não aproveita as oportunidades que o Universo distribui no seu caminho, e depois reclama que não tem sorte, que a vida é dura e ingrata.


Faz sentido? Não, né?!

Você quer ser amado (a), mas não se esforça para ser amável. Quer alguém perfeito mas não trabalha em suas próprias imperfeições. Como diria Alanis Morissette:“Isn’t it ironic”? Isso não é irônico?

A verdade, meu amigo, minha amiga, é que você pode levar o tempo que quiser para aceitar isso, mas você está vivendo a vida que escolheu viver através de suas atitudes, percepções e escolhas.

Então, se algo não vai bem, a única pessoa que pode mudar isso é você.


Ah, e só para constar, reclamar, murmurar e encontrar culpados e desculpas não resolve, não muda, não melhora nada.

Reflita e decida. O livre-arbítrio é um direito todo seu.

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: Ronaldo Oliveira on Unsplash

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.