ColunistasRelacionamentos

Você foi, sem sombra de dúvida, a melhor coisa que me aconteceu!

Daquelas chances boas…



Você foi, sem sombra de dúvida, a melhor coisa que me aconteceu! Entre todas as pessoas a minha volta, você foi a única que me mostrou um lado meu que, até então, eu desconhecia.

Não sei se foi Deus ou esse tal DESTINO que a colocou em meu caminho, veja só que cara de sorte eu sou eu, minha menina!

Mas, ei, fica aqui um pouco mais! Perdoa esse meu lado egoísta e não vá embora. Eu sei que erramos muito em tudo isso, sei que a machuquei e não foi pouco. Joguei meu tempo fora tentando tirá-la de mim, tentando negar a verdade, sem parar para refletir.


Não era seu coração que me pertencia, eu é que era seu, e não sabia. 

Ainda que ler suas histórias sobre nós me alivia um pouco, sinto a falta da sua energia  – não posso negar, ela me contagiou de uma forma inexplicável. Agora eu sei que você tentou me fazer feliz.

Quando pego nas mãos aquela camiseta que você me deu, lembro do seu sorriso ao acordar, de manhã, no meu peito. Ligar o som do carro nunca foi tão nostálgico, aquele pen drive ainda toca a nossa música, enquanto o filtro balança no retrovisor, trazendo-me novamente a sua lembrança.

Cada coisa aqui me lembra um pouco você – só um pouco, porque você bem sabe, que não sinto tanto assim a sua falta. Tentei, mas não tem como tirar você de mim. Eu a imaginei e moldei para ser perfeita, decepcionei-me ao ver que meu insaciável ego sempre quis ter mais. Mais do que me oferecia e até mais que eu merecia. Você, mesmo assim me deu o seu melhor, despiu todos os seus espinhos para me oferecer uma flor delicada, sem a intenção de me machucar.


Às vezes, penso não merecer o seu amor. “Ela é demais para mim. Ela me transborda mas eu já me acho completo demais.” Talvez você precise mais de mim do que eu de você, não seria diferente e mesmo precisando pouco eu deveria entender, estar ali para segurar sua mão nas horas difíceis, para secar tuas lágrimas e não para fazê-las cair.

Deveria ter-me importado mais com quem de fato se importou comigo.

Mas, que coisa! Eu não sei lidar com as coisas boas e  “você é uma daquelas chances boas que a vida não me daria duas vezes!”

___________


Direitos autorais da imagem de capa: georgerudy / 123RF Imagens

Como fazer um banho de arruda – equilibre toda a sua energia!

Artigo Anterior

Essa não é uma história triste, mas sim uma linda e verdadeira história de gratidão!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.