4min. de leitura

“Você ganha um par de asas sempre que ajuda alguém a se levantar do chão”

Todas as vezes que estendemos a mão para alguém, provamos o valor do nosso caráter, o real sentimento que habita nossos corações. 


Não é novidade para ninguém que a nossa sociedade está se tornando cada dia mais egoísta. As pessoas estão preocupadas apenas consigo mesmas e fazem o que for necessário para conseguir aquilo que desejam, sem nem se importar em como suas decisões afetarão aqueles ao seu redor.

Vivemos nossas vidas sem olhar para os lados, sem tirar um tempo para conhecer verdadeiramente nossos familiares e amigos, compreender suas lutas e conquistas. Estamos nos tornando estranhos, até mesmo para aqueles que convivem conosco todos os dias e que deveriam ser as pessoas mais importantes para nós.

Os celulares tomam os lugares das conversas, das risadas, dos abraços e dos amores. Estamos sempre com os olhos ocupados demais para enxergar o mundo e as pessoas como realmente são.

Como consequência, nós nos tornamos mais frios e distantes. Enxergamos as pessoas como se fossem descartáveis, depois que nos ajudam com aquilo que desejamos, simplesmente as tiramos de nossas vidas, como se nunca tivessem representado nada, além de um degrau em nossa escalada até o sucesso.


Essa é uma realidade muito preocupante e triste. Os seres humanos nasceram para viver em comunidade, para se conectarem a outras pessoas e construírem relacionamentos significativos, que os ajudarão em sua caminhada pela vida. Não deveríamos ter chegado ao ponto em que estamos.

Precisamos resgatar os valores que se perderam, principalmente o amor ao próximo. Devemos entender que ajudar alguém não é se colocar em desvantagem ou tornar-se vulnerável, muito pelo contrário.

Dedicar um pouco do seu tempo a outra pessoa é ser humano, é mostrar que não existe egoísmo em seu coração, que você consegue enxergar que o mundo é muito maior do que apenas a sua própria vida.


Ajudar é trazer luz para a escuridão de outra pessoa, é plantar sementes de positividade e transmitir o que existe de bom em você para o mundo.

É uma das atitudes mais nobres que podemos realizar, que nos permite ensinar a aprender ao mesmo tempo.

Quando ajudamos alguém, mostramos nobreza, empatia e bondade, três valores que estão muito escassos no mundo, e mantemos a esperança viva de que as coisas podem mudar para melhor. Criamos uma corrente do bem que impactará as vidas de muitos e, um dia, voltará para nós, porque sempre que o bem é compartilhado ele cresce.

Ganhamos um par de asas sempre que ajudamos alguém a se levantar do chão, porque nos tornamos prova viva de que os anjos vivem entre nós e mostramos que aqueles que têm a alma pura o bastante para lutar pelo bem do outro merecem atingir os pontos mais altos da vida.

Seja sempre a pessoa que estende a mão para o outro. Isso não fará de você alguém fraco, apenas evidenciará todo o bem que existe em seu coração e o tornará um exemplo a ser seguido.


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: cena da série “Grey’s Anatomy”.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.