publicidade

Você já parou para pensar a respeito da sua essência? como e o que ela é?

A nossa essência é o que nós somos verdadeiramente.  E verdadeiramente nós somos luz, somos amor, somos gentileza, somos abundância, somos reconhecimento, somos alegria!

Acontece que, ao longo do tempo, alguns acontecimentos acabam nos afastando de quem realmente somos e nossa essência acaba sendo ofuscada.



Acabamos por viver no piloto automático, achamos que já estamos no lucro. Mas, na verdade, a nossa vida pode ser muito melhor, muito mais leve… e isso tudo é possível, desde que estejamos dispostos a encarar de frente as nossas dores, resolver o que precisa ser resolvido e parar de dar poder para o que já nos fez tanto mal. Agir, ao invés de reagir.

Descobrir a nossa essência é libertador. Mas como fazer isso?  Silenciando.  Silenciando a mente.

Não dar poder as vozes que existem dentro da nossa cabeça e que ficam nos confundindo. Aquelas vozes que dizem “você não pode, você não é capaz, você não merece, não vai dar certo.” Essas vozes são as coisas mal resolvidas do passado, a falta de perdão e a falta de amor-próprio.

Tudo isso faz tanto barulho e nos confunde tanto, que sobrevivemos, dia após dia, ao invés de viver plenamente.


Esse barulho é o que nos afasta da nossa verdadeira essência. É o que nos afasta dos nossos sonhos, do amor verdadeiro e da felicidade.

E como acabar com esse barulho?

Encarando de frente traumas, mágoas e dores.


Quando enfrentamos esses “fantasmas”, entendemos que isso não tem mais poder algum sobre nós e nos colocamos como verdadeiros protagonistas de nossas histórias.

Não é fingindo que algo não aconteceu. É olhando com verdade e coragem para aquilo.

Não precisa mais ter medo. Já aconteceu. Já passou. Não pode mais fazer mal algum a você.

Quando nós silenciamos esse diálogo interno destruidor, nós damos voz a tudo de mais lindo que existe dentro de nós.

Silenciando esse diálogo interno destruidor, ouvimos o silêncio, o silêncio que representa a nossa paz de espírito, o amor-próprio e uma vida restaurada.

E é nesse momento que nós nos reconectamos com a nossa essência e nos reconhecemos como seres maravilhosos, providos de poder, amor, gratidão e felicidade genuína.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: lenanet / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.