Você merece ser feliz agora!

5min. de leitura

Às vezes, sentir-se sozinho(a) cansa, então passamos a nos questionar sobre qual é o nosso problema, esquecendo-nos de que o verdadeiro amor surge em nós mesmos. Em meio ao turbilhão de pensamentos que ferem a alma, não amamos nenhuma de nossas versões refletidas nos diferentes espelhos e precisamos aprender que merecemos sim a felicidade, nem que seja assim: sós.



Todas as pessoas ou a maioria delas imagina que o amor se resume a uma relação, entre um par que caminha de mãos dadas pela rua, enquanto a velocidade da forma com que os demais enxergam a vida acelera. Eu não. O meu conceito de amor é bem distante deste conceito estereotipado pela sociedade e sua história, pois imagino que o amor é bem menos, porque menos é sempre mais.

Não se esqueça de repetir todos os dias em frente ao espelho: eu mereço ser feliz e vou ser feliz agora!

Não adianta, tudo começa ao se olhar no espelho e gostar, sinceramente,  de todas as coisas que seus olhos enxergam exteriormente e interiormente. Eis o princípio da maior forma de amar a si mesmo(a).

Nós vivemos em uma humanidade excessivamente apegada ao contato físico e as pessoas têm mais crença de que são totalmente dependentes de um par ou de amizades superficiais, do que a crença de que existe algo mais elevado para acreditarem.


Eu tive as minhas fases de não querer acreditar em nada e respeito as fases das outras pessoas, mas somente com o amadurecimento percebemos a importância que é ter algo maior para acreditar. Porque ao acreditar em algo, nosso coração torna-se manso para compreender que fazemos parte de uma causa maior, tornando-nos capazes de projetar um amanhã melhor e de nos amarmos acima de qualquer outra coisa.

Quando o amor próprio é praticado, o dia fica mais bonito, a nossa imagem no espelho melhora, passamos a nos alimentar melhor, cuidamos de nós, ouvimos uma boa música, lemos aquele livro que estava abandonado na estante por falta de tempo ou vontade, aprendemos a fazer algo que gostamos, desde alguma arte marcial até dançar ballet clássico e descobrimos que o segredo de amar e ter felicidade é apenas curtir a vida da melhor forma, amando a nossa melhor versão.

As amizades? O parceiro ou a parceira? Todas essas coisas são apenas consequências de nos amarmos e sempre surgirão com o tempo, não adianta querer apressá-lo. Sair “atirando para todos os lados” só irá reiniciar o círculo de relacionamentos superficiais com pessoas que não possuem verdadeiramente uma sintonia de harmonia com a sua.


Uma vez, um amigo perguntou-me qual o problema que ele tinha que o impedia de conseguir uma namorada bacana. Eu simplesmente disse a ele que tudo possui o seu próprio tempo e que ele precisa saber esperar. A vida é uma coisa muito complexa para querer brincar de Deus e pensar que podes mudar tudo, apenas precisamos nos preocupar em cuidar de nossa felicidade para que possamos iluminar os demais e atraí-los com o nosso brilho.

Então, se você se sente muito só, acha que nunca vai ser feliz porque não possui companhia para ir ao cinema, queria ter amigos para sair e se divertir, sente falta de ter alguém com quem conversar, um namorado ou uma namorada, alguém que verdadeiramente queira ver você feliz, tenha certeza de que um dia terá.

Mas enquanto não tem, faça cursos, aprenda a fazer algo que goste, desenvolva os seus talentos ou descubra novos, cante, dance, vá ao cinema sozinho(a) e divirta-se com você, coloque aquela roupa mais bonita, passe um batom, se você for mulher, vá ao restaurante considerado “chique” que sempre quis entrar, mas nunca entrou por medo de ser julgada por sua solidão, compre chocolates caros e dê a si mesmo, tome sorvete, faça brigadeiro, seja você, mas principalmente, não se esqueça de repetir todos os dias em frente ao espelho: eu mereço ser feliz e vou ser feliz agora!

___________

Direitos autorais da imagem de capa: lanak / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 30/05/2017 às 6:43






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.