ColunistasComportamento

Você não precisa ser perfeito(a) para ser incrível!

você não precisa

Deixa eu lhe contar uma coisa: Suas “imperfeições” o(a) fazem único(a), sabia?



Então, em vez de se olhar no espelho e detestar seu corpo, seu nariz, seu cabelo, aquela maneira estranha que você faz quando dá risada, como você franze sua testa, sua timidez ou até falta dela, seu modo de agir, de falar, etc. Tente entender que tudo isso faz você ser quem você é.

Quem lhe disse que você precisa ser perfeito(a)? Encare seus erros, seus defeitos e tenha orgulho da sua trajetória e de ser quem é. Você fez o seu melhor até aqui.

Isso não quer dizer que você vá usar isso como desculpa para não dar o seu melhor ou que você não possa mudar algo de que não gosta. Não é isso. Mas entenda que você não precisa corresponder a um “padrão” físico ou de comportamento para ser amado(a) pelos outros e por si mesmo(a).


Você é humano(a), não um robô. Você possui sentimentos, oscilações de humor, “defeitos”, e está tudo certo.

Saiba equilibrar. Se algo não o(a) faz feliz e você pode mudar, vá em frente! Acredito mesmo que a gente sempre deva estar em busca de ser uma pessoa melhor, de ser a nossa melhor versão.

Mas não se deixe dominar pela ideia de sempre querer mostrar perfeição. Não se deixe levar pela opinião dos outros ou dependa da aprovação alheia, o que o leva, muitas vezes, a deixar de ser quem você é preocupada com o que os outros vão pensar. Pare de se comparar e nunca achar que você é boa o bastante. Pois tudo isso te torna escrava de uma perfeição inatingível.

A partir do momento em que você se aceita como um ser imperfeito, você revê a forma como você encara os outros também. Você passa a aceitar que as outras pessoas também não precisam ser perfeitas. Que as pessoas podem ter “defeitos”, mas ter muitas qualidades incríveis e que estas se sobressaem.


Então, seja você. Seja humano(a). Seja real. E veja os outros desta maneira também. Lembre-se sempre, você não precisa ser perfeito(a) para ser incrível, combinado?


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: alexzabusik / 123RF Imagens


Todos os dias aprendemos pelo amor ou pela dor…

Artigo Anterior

Marx e freud nos auxiliam a entender a realidade do mundo atual

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.