5min. de leitura

Você não se casa com um homem, você casa com um estilo de vida!

Casamento é muitas vezes retratado como a união de duas pessoas que amam e cuidam uma da outra. Você provavelmente cresceu ouvindo da família e amigos bem-intencionados mais velhos para encontrar alguém que te faz feliz e que compartilha seus interesses.


Este é um conselho sadio, mas quantos de nós realmente reconhecem que a forma como vivemos nossas vidas pode influenciar no tipo de pessoa com quem nos casaremos? É importante pensar não apenas sobre como alguém faz você se sentir, mas no tipo de vida que vocês dois vão compartilhar.

O que exatamente você precisa considerar antes de concordar em casar com alguém?

Talvez as duas considerações chaves sejam onde vocês viverão e se terão filhos. Se você quer viver em uma área urbana para a sua vida profissional, mas seu noivo anseia viver no campo, pode ter que aceitar que vocês querem levar estilos de vida opostos. Isso exigirá que ambas as partes se comprometam, para a relação sobreviver. Você também deve pensar cuidadosamente sobre quantos filhos deseja ter, porque isso afetará o tipo de lugar em que vai viver, a quantidade de renda disponível que terá, e o grau de liberdade pessoal do qual vai desfrutar. Para o bem de todas as crianças que você pode ter, ambos precisam se comprometer plenamente com a ideia de ser um pai, se desejam iniciar uma família.

As questões financeiras também são vitais. Verifique se as suas atitudes em relação à despesas, poupanças e gestão de dívidas são compatíveis. Se um de vocês tem uma atitude “viva o momento”, mas o outro é muito calculista, podem ter muito atrito. Você também precisa decidir se deseja comprar ou alugar sua casa, pois isso afetará seu futuro financeiro. Também devem pensar sobre a gestão do dinheiro todos os dias. Por exemplo, vocês terão uma conta conjunta?


Lembre-se de que o casamento não é simplesmente escolher alguém que parece ser um bom parceiro e, em seguida, esperar que o amor suavize qualquer problema.

Os aspectos práticos do cotidiano também precisam ser abordados. Por exemplo, quem vai ser responsável pela cozinha, limpeza e manutenção geral da casa? Se vocês dois querem ter filhos, quem será o principal cuidador? Também deve pensar sobre como vai lidar com seu tempo de lazer, e quantas vezes você espera passar uma noite ou fim de semana com seu cônjuge. Certifique-se de que suas preferências de lazer permitam que vocês construam um estilo de vida mutuamente agradável. Se você gosta de passar seus fins de semana em viagens curtas, mas seu noivo prefere passar o tempo em casa, considere se está satisfeito em ir sozinho.

Alguns casais gostam de passar uma quantidade significativa de tempo perseguindo seus próprios hobbies e interesses, mas se você é do tipo de pessoa que gosta de compartilhar o máximo de experiências possíveis com seu parceiro, o casamento e estilo de vida em oferta podem não ser certos para você.


Lembre-se de que o casamento não é simplesmente escolher alguém que parece ser um bom parceiro e, em seguida, esperar que o amor suavize qualquer problema. Tomar tempo para obter uma imagem realista do que você e seu cônjuge desejam para o futuro permitirá que você determine se vocês dois são verdadeiramente certos um para o outro.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Life Hack





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.