4min. de leitura

Você quer que o outro não o julgue? Não julgue ninguém. Quer ser amado? Ame! Seja você a mudança!

Tudo acontece a partir de você! Tudo começa por você, tudo termina em você! Devemos parar de terceirizar responsabilidades, procurar fora de nós as respostas, os culpados, os motivos.


Todos nós somos seres únicos, mas somos todos interligados. Nossa vida, nossos pensamentos, nossas crenças estão interligadas a todas as demais criaturas que habitam este Universo.

Em determinado momento da minha vida, ouvi de uma amiga: “Você precisa saber quem é você e quem é o outro.” Dentro do que eu estava vivendo naquele momento, em meio a emoções mega-afloradas, não consegui digerir e entender essa frase. Não naquele momento. Mas essas palavras ecoaram em minha cabeça por muito tempo.

Eu procurava no outro…

Enfim, anos passados, eu ainda refletia sobre essa frase como um cutucão do Universo para mim, até que enfim eu entendi: eu procurava no outro o afeto de que eu precisava, eu procurava no outro a aprovação de que eu precisava, o respeito de que precisava, o cuidado de que precisava e até o responsável por tudo que não vinha dando certo. Naquele momento, eu estava perdida a ponto de não saber mais quem eu era e quem era o outro, o externo.


Você quer mudança? Seja a mudança! O outro não existe. Tudo o que o incomoda no outro nada mais é do que o reflexo das suas crenças, dos seus julgamentos, dos seus anseios, das suas escolhas.

Acontece que temos a estranha mania de nos machucar e ainda nos perguntar: “Por que isso comigo, se não faço nada de mal para as outras pessoas?”

Recebemos o que sentimos, não o que pensamos

Eu lhe respondo: porque você não faz mal para o outro, mas faz para você! Como? Não sendo honesto com você, não sendo generoso, não se cuidando (corpo, mente, espírito). É exatamente por isso. O que você recebe do Universo é exatamente o contrário do que você quer, pois a realidade que você cria é baseada na falta. Recebemos o que sentimos, não o que pensamos.


Você quer que o outro não o julgue? Não julgue ninguém. Quer ser amado? Ame! Quer que alguém se afaste de você? Mude sua vibração, vibre sempre na energia do amor e da gratidão, e se a energia dessa pessoa não for compatível, ela naturalmente se afastará.

Não quer mais viver essa realidade? Comece a construir a nova realidade agora. Mude! Saia da área de conforto. Faça o que nunca foi feito, livre-se de suas crenças e comportamentos que o limitam, tome consciência de quem realmente é você e, no futuro, bem ali na frente, passará a ter contato com uma vida abundante e cheia da paz com que sempre sonhou.

“A vida começa no final da sua zona de conforto.” Neale Donald Walsh

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.