CuriosidadesNatureza

Você realmente conhece o seu bichano?

bichano

Conviver com um animal de estimação é uma fonte inesgotável de alegria. E a ciência comprova: eles trazem saúde e longevidade, além de melhorar a autoestima e espantar a solidão.



Os gatos dormem muito porque precisam repor as energias que perdem enquanto fazem a limpeza do ambiente purificando as energias negativas do ambiente onde ele vive. Eles conseguem ver aquilo que é imperceptível à visão das pessoas, ou seja, energias negativas que podem estar perturbando o ambiente, como as decorrentes de mau-olhado, inveja, raiva, etc. Eles transformam essas energias negativas em positivas e também colocam em movimento as energias que estão paradas.

Passe a observar onde seu bichano gosta de dormir. Normalmente eles procuram locais onde existe alguma energia parada. Não significa que essa energia seja,necessariamente, negativa, mas também não é boa tê-la por perto.

Dizem os antigos que se um gato aparecer em sua casa você não deve mandá-lo embora, pois ele veio ajudar você e se não conseguir, irá tentar de outras maneiras. Dizem, também, que quando um gato quer subir para dormir em sua cama é porque ele tem que retirar a carga negativa que está com você. De acordo com o“Livro da Lua”, os gatos também trazem sorte aos donos, e, da mesma forma que eles cuidam do que não vemos, os cães nos protegem do que vemos.


O gato ainda é um animal misterioso e sagrado em muitas divindades e crenças, além de possuírem uma visão além do normal e uma percepção aguçada. Quase sempre dão a impressão de pertencerem a uma esfera superior, a um nível mais elevado de consciência.

Os gatos parecem saber exatamente como nos sentimos, mesmo que não apresentamos nenhuma reação diferente. Estão sempre por perto quando precisamos, mesmo sem serem chamados, e compreendem perfeitamente o que dizemos.

Perceba como o gato o encara enquanto você fala com ele. Olhe dentro dos seus olhos: você verá neles a chama da inteligência. Perceberá a compreensão latente em seu olhar profundo e penetrante. Por sua espiritualidade intrínseca, os gatos foram usados como forma de proteção contra energias negativas e como vetores de cura.

Os celtas diziam que os gatos, assim como os demais animais domésticos, eram a reencarnação de parentes já falecidos, ancestrais que reencarnavam nessas formas de vida para nos aconselhar. Nessa corrente de pensamento, o gato era considerado o animal mais apropriado, justamente por sua percepção aguçada.


As tradições orientais acreditam que um gato traz boas vibrações para o lar. E como nem todos podem ter um gato em casa, a figura de um pode ser utilizada sem problema. Os efeitos positivos não serão alterados.

O gato também é o único animal que, como o ser humano, tem sete camadas de aura. Mais ainda: são duplas. Isso faz com que ele tenha oito sentidos, três a mais do que o normal.. Isso é percebido pela sua independência e, podemos dizer, pela sua terceira visão.

Quem nunca prestou atenção em um gato acompanhando o olhar para algo que não conseguimos ver? É comum os gatos perceberem outras presenças nos ambientes.

Além disso, é o único animal da terra que emite um som vibratório, o “ronronar”, quando está em harmonia. Neste momento ele está sintonizando seu campo com o da pessoa ou neutralizando seu próprio campo negativo, por isso é aconselhável pegar um gato no colo pelo menos uma vez ao dia.


O amor não morre… – por: pedro bial

Artigo Anterior

23 plantas geométricas de arrepiar os fissurados em simetria e padrões

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.