Animais

Você sabia que ter gatos em casa te ajuda a cuidar da sua mente, corpo e alma?

Descubra as incríveis maneiras pelas quais o seu gato pode melhorar a sua qualidade de vida!



Os gatos são presentes em famílias do mundo inteiro e têm o poder de mudar as nossas vidas para melhor. Seja nas famílias grandes ou nas pequenas, onde convivem apenas com um dono, esses felinos são capazes de demonstrar todo o seu carinho e amor das mais diferentes maneiras, tornando-se indispensáveis em nossas vidas.

Os donos de gatos sabem muito bem que eles nos trazem grandes benefícios, filtrando as energias negativas, oferecendo-nos amor verdadeiro e uma amizade que cura a nossa alma de todas as coisas ruins.

No entanto, hoje trouxemos evidências apoiadas pela ciência de que esses animais são algumas das melhores companhias que podemos possuir. Um artigo da UOL reuniu algumas informações científicas a respeito da relação entre gatos e humanos. Confira abaixo!


1. Conviver com gatos na infância pode reduzir os riscos de asma

Segundo informado pelo artigo da UOL, uma pesquisa publicada no Journal of Allergy and Clinical Immunology mostrou que as crianças expostas a substâncias que causam reações alérgicas desde cedo, antes que a asma evolua, podem estar mais protegidas contra a doença.

Nesse estudo, foi constatado que nas casas com gatos, que possuíam substâncias potencialmente alérgicas relacionadas a esses animais, as crianças tiveram menores riscos de asma.

2. Os felinos podem ser úteis no desenvolvimento de medicamentos contra o HIV


Uma pesquisa do Instituto de Tecnologia de Israel e publicada no PLOS Pathogens descobriu que a proteína específica do vírus da imunodeficiência felina (FIV) tem estrutura tridimensional, da mesma maneira que o HIV.

Usando técnicas de purificação e cristalização, os cientistas foram capazes de compreender a estrutura 3D da proteína da transcriptase reversa (responsável pela replicação do vírus no hospedeiro) do FIV, o que mostrou os mecanismos por trás da resistência aos antirretrovirais. Os autores do estudo, Akram Alian e Meytal Galilee, têm fé em que suas descobertas podem ajudar os novos medicamentos contra HIV-1, que é resistente aos medicamentos atuais.

3. Os gatos podem ajudar as crianças com autismo em suas relações sociais

Os gatos, além de grandes amigos para todos, podem ajudar muito as crianças autistas.


Um estudo publicado neste ano no Frontiers in Veterinary foi capaz de descobrir que as crianças com o transtorno, que crescem com gatos por perto, têm melhor desenvolvimento social, ajudando-as a compreender melhor aqueles ao seu redor, oferecendo-lhes apoio emocional precioso e ajudando-as a se manterem calmas.

4. A convivência com os gatos nos torna menos propícios a ataques cardíacos

Um estudo da Universidade de Minnesota (EUA) mostrou que ter um gato diminui em 33% a probabilidade de ataque cardíaco. A pesquisa realizada por cientistas dos Estados Unidos teve duração de 10 anos e estudou mais de 4 mil pessoas.

Adnan Qureshi, líder do estudo, disse que ter animais de estimação, em especial gatos, pode ajudar a aliviar a tensão excessiva, que pode levar a ataques. Ainda foi enfatizado que o carinho dos gatos é capaz de diminuir os níveis de estresse, a frequência cardíaca e a pressão sanguínea.


5. Assistir a vídeos sobre gatos nos faz felizes

Os vídeos de animais, especialmente gatos, são bastante populares nas redes sociais. Sempre que surge algum em nossos feeds não resistimos a assisti-los, e quando percebemos, já estamos há tempos contemplando os encantos dos felinos.

Embora esse hábito possa parecer inofensivo, ele pode ter um efeito positivo em nossas rotinas. Segundo um estudo da Universidade de Indiana (EUA), publicado no periódico Computers in Human Behavior, esses vídeos podem nos tornar mais felizes e longe das energias negativas. Eles colaboram até mesmo com a rotina de trabalho, ajudando-nos a lidar com tarefas mais complicadas, segundo a autora do estudo, Jessica Gall Myrick.

6. Nossos gatos são grandes apoiadores emocionais


Os animais de estimação são grandes aliados das pessoas com transtornos mentais, foi o que concluiu um estudo da Universidade de Liverpool (Inglaterra).

Os pesquisadores estudaram como animais como gatos, cães, hamsters, passarinhos e até peixes-dourados afetaram o bem-estar dos voluntários, e descobriram que esses animais ajudaram os humanos a lidar melhor com suas emoções, além de se distrair.

Helen Louise Brooks, uma das pesquisadoras autoras do estudo, afirmou que os animais aceitam sem julgamento, oferendo um suporte incondicional que os participantes raramente recebiam dos amigos ou familiares.

Que descobertas especiais! Os animais realmente nunca deixam de nos surpreender. Se você estava procurando uma razão para ter um gatinho, com certeza essas seis foram capazes de convencê-lo!


Mulher larga noivo na estrada, da mesma forma que ele abandonou sua cachorra por ser vira-lata!

Artigo Anterior

Homem ateia fogo em morador de rua no Centro de SP; câmeras de segurança registram ação

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.