ColunistasDesenvolvimento Pessoal

Você, a sua inteligência e o infinito…

Você a sua inteligência e o infinito... 1

Há vários tipos de inteligência. Até agora há pelo menos nove delas descritas.



Acredito que faz todo o sentido que nós seres humanos falemos de inteligências assim, no plural. Temos verdadeiros universos dentro de nós e, nesse sentido, fica fácil ver que somos infinitos.

Importante ver, então, que em cada um de nós desenvolvemos várias inteligências. E ainda mais importante é saber que, na prática, essa concepção das inteligências nos leva a uma noção mais sábia do que é inteligência, afinal.

Ter tal noção significa que as inteligências mais desenvolvidas em você, sejam lá quais forem, podem ser como qualquer outra característica da sua personalidade: podem ter um lado positivo e um lado negativo.


Por exemplo: a determinação é uma característica de personalidade muito boa, mas se for exagerada se torna teimosia. A teimosia é o lado negativo da determinação.

Acredito que o lado negativo da inteligência ou das inteligências começa quando a maioria de nós apresenta a tendência de enxergar a inteligência como algo necessariamente positivo.

Contudo, temos vários exemplos do lado negativo da inteligência na história. Houve um homem famoso que, por ser muito inteligente, já identificava e aplicava conceitos e princípios fundamentais da publicidade muito antes de ela sequer ser cogitada como objeto de estudo. Sem dúvida, um homem com uma inteligência a frente do seu tempo. Muito antes da Publicidade e Propaganda ser considerada importante o suficiente para se tornar um curso superior, como é hoje, a inteligência de Hitler já a compreendia e enxergava suas aplicações práticas. Ainda em 1926, com sua inteligência acima da média, Hitler escreveu: “A propaganda política busca imbuir o povo, como um todo, com uma doutrina… A propaganda para o público em geral funciona a partir do ponto de vista de uma ideia, e o prepara para quando da vitória daquela opinião”. Contudo, como sabemos, essa figura histórica defendia o uso de propaganda política para disseminar o nazismo, que compreendia o antissemitismo, o racismo e a eliminação de todos que fossem diferentes do que era chamado de ideal ariano. Há muitos outros exemplos, de figuras históricas com muita inteligência e pouca sabedoria, de tecnologias altamente inteligentes sendo ignoradas, ou usadas da pior forma possível, de soluções sábias sendo descartadas pela inteligência.

A noção de que a inteligência pode ser pouco ou nada sábia é, na verdade, muito fácil de observar. É só despertar para isso. A supervalorização de qualquer inteligência causa seu uso exagerado, deturpado, desprovido de sabedoria. A chamada “inteligência emocional”, presente em pessoas tão empáticas e sociáveis pode se pôr a calcular reações e ações das personalidades e então investir na manipulação das pessoas. Uma inteligência acima da média em cálculos matemáticos, pode se pôr a lidar com seres humanos e relações humanas da mesma forma que lida com números e variáveis, uma redução do ser que quase sempre limita muito a compreensão. Até mesmo a “inteligência espiritual” de pessoas sensitivas ou simplesmente mais sensíveis pode organizar os conhecimentos espirituais e ensinamentos sábios conforme a conveniência do momento.


Acredito que ao ver a inteligência como uma característica, com lados positivos e negativos, podemos todos nos concentrar em nossas inteligências sábias, ou seja, na sabedoria que podemos alcançar com nossas inteligências. É um presente ver que a expansão da consciência é infinita, que abraça todas as inteligências e continua, segue, fazendo a trilha infinita da vida!

Com esse presente, alcançamos outro presente: o infinito é o equilíbrio da inteligência. É no contato com o infinito que a inteligência transcende a si própria para tornar-se uma verdadeira qualidade do ser.

Ouça o seu infinito, alimente o seu espírito!

___________


Direitos autorais da imagem de capa: rudall30 / 123RF Imagens

A única pessoa que pode atrapalhar a sua vida é você!

Artigo Anterior

Existem pessoas boas, boas de verdade! talvez sejam anjos…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.