Você tem inimigos? Descubra 3 maneiras de evitá-los a partir de agora:



Vou lhe fazer uma pergunta simples: você tem inimigos?

Agora uma pergunta um pouco mais complexa: você sabe quantas pessoas o veem como um inimigo? 

Difícil saber, não é? É difícil saber porque não podemos prever como as outras pessoas recebem e reagem as nossas atitudes. E, às vezes uma palavra é dita de maneira diferente em um momento de tensão e pronto, conquistamos um inimigo.

Alguns inimigos vêm de graça, no combo de maus entendidos da vida.  Por estes motivos nunca devemos comprar brigas alheias.

Quem podemos considerar como inimigo? 

Um inimigo é aquela pessoa contrária a você, que se mostra hostil e intolerante aos seus pensamentos e sentimentos. Um inimigo está sempre à espreita, tentando prejudicá-lo, seja falando de você pelas costas ou enfrentando suas posições. Pode ser aquela pessoa que constantemente o coloca para baixo e tenta diminuí-lo.

A retaliação, definitivamente, não resolve, além de colocar ambos no mesmo nível, o único resultado é o sofrimento, prejudicando assim o objetivo da vida. Ser hostil com quem nos é constantemente, faz apenas com que compartilhemos o pesado fardo com ele. E isso poderá nos ajudar de que maneira? No entanto, fica difícil desejar algo de bom a um inimigo, mas torná-lo mais infeliz traria alguma felicidade a nós?

Na realidade, ter um inimigo é importante para praticarmos a paciência e a tolerância. Os inimigos nos ensinam o tempo todo e se formos inteligentes, nós os veremos como verdadeiros mestres e inclusive agradecendo por nos ensinar, mesmo que seja, a não ser como eles.

Algumas pessoas cultivam uma relação de amor com o ódio, não conseguem se desfazer, preferem viver neste ciclo de inimizades por se sentirem motivados, mas não calculam a perda constante de energia para se repor. Lembre-se: todo ódio é uma forma de amor.



E para evitar sentir ódio de alguém ou que sintam de você, utilize estas dicas que ajudarão a afastar inimizades:

1. Se você sente ódio de alguém, pergunte-se antes

O que há nessa pessoa que você desejaria ter? Talvez esta resposta resolveria todos os seus problemas com ela. A felicidade vem de se dar mais amor, sem esperar nada em troca e não de esperar que o outro ame incansavelmente. Amor incondicional não quer dizer que você aceita tudo, quer dizer que você perdoa no mesmo momento em que recebe uma resposta ruim.


2. Não pense só na sua felicidade

Egoísmo é achar que, só porque o faz feliz é o que importa. A felicidade também consiste em se preocupar com o outro, permitir que outro também fique bem. Só se tem uma felicidade completa quando você se sente feliz e sente que também fez alguém sentir o mesmo. E a evolução está em ultrapassar as barreiras do ódio e ver além.


3. Dê tempo ao tempo

Pare e afaste-se. No momento em que quebra o círculo vicioso de dar e receber ofensas, a energia se dissipa e, aos poucos, tudo se resolve. No final das contas, você não pode fazer nada em relação ao que o outro sente, mas pode fazer algo em relação a você e é isso é o que fará a diferença nos relacionamentos futuros.

Portanto, sempre que avistar um possível inimigo, lembre-se de se perguntar o que o incomoda nas atitudes dele. Lembre-se de que ele também enfrenta batalhas internas e dê tempo para que os ânimos esfriem.

Sem inimigos em seu caminho tudo flui, os negócios avançam, a vida fica leve e você fica livre para ser feliz!

__________

Direitos autorais da imagem de capa: anetlanda / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.