ColunistasComportamento

Vovó dizia: “As paredes têm ouvidos! Cuidado com o que se fala!”

Não tenho tempo a perder com assuntos pequenos, com pessoas com assuntos medíocres, com futilidades, porque meu tempo é todo dedicado a mudar o mundo.



Meu tempo é dedicado, em primeiro lugar, a me transformar, a melhorar o mundo dentro de mim, depois em torno de mim, abrangendo toda a galáxia. Eu me esforço em ser alguém que contribua com o todo de alguma forma.

Então, não venham com papo furado, desperdício de tempo, a minha dedicação e concentração são exclusivamente em ser melhor, em ser luz. Não tenho tempo a perder com pessoas vazias, com assuntos rasos, eu me interesso, desde pequena, por assuntos grandes, assuntos profundos, por pessoas cheias de propósitos, que também querem se transformar e transformar o mundo.

Eu me interesso por pessoas que se preocupam de verdade com o outro, por pessoas realmente humanas, que não são somente demagogas, por gente de verdade, que transforma palavras em atitudes. Eu me interesso por pessoas que se preocupam com o planeta e exercitam esta causa todos os dias da sua vida.


Gosto de pensar que somos aquilo que pensamos e fazemos. Só palavras não alteram contextos, só ideias não mudam realidades, é preciso dedicação e muita ação.

Trago também um aviso: quem tem propósitos grandes, quem quer se transformar, vencer a si mesmo e contribuir com o todo não tem tempo a perder, o tempo é precioso demais e passa muito rapidamente. É importante usar o tempo com qualidade.

Por isso, traga para perto de si pessoas que falem de ideias grandes, que invistam em ser luz, em promover luz, pessoas que, ao invés de falar dos outros, compreendam. Pessoas que, quando ouvem alguém disser algo, não critiquem, não julguem, muito pelo contrário, dão a mão para essa pessoa se levantar e se reerguer. Pessoas que agem em favor do todo.


Sobre ser luz, contribuir com o todo, investir em fazer o melhor pelos outros, em ser cada dia mais humano é também escolher melhor e diariamente as conversas, sobre o que falar e com quem falar. É escolher todos os dias quais assuntos não abordar, quais pessoas não trazer para perto, escolher melhor aquilo que vai reproduzir, escolher melhor atitudes e palavras.

Vovó dizia: “As paredes têm ouvidos! Cuidado com o que se fala!”

Portanto, se as paredes têm ouvidos – e acredito que tenham –, o Universo responde de alguma forma a tudo que falamos, como conversas vazias, criticar atitudes alheias, falar coisas vãs ou deixar que alguém fale bobagens sem fim. Isso traz uma energia forte e depreciativa, que não combina em nada com a luz, com a mudança do mundo, com a melhoria do planeta em que vivemos.


Selecione, escolha! Fique perto de quem é agente transformador. Seja agente transformador, cuide da vida, cuide da sua vida com afinco e amor. Seja a flor que todos esperam florescer no pântano. Seja a luz no túnel de alguém, seja a palavra doce em dias difíceis para alguém, seja amor onde exista desamor, e quando os dias surgem difíceis e pesados, cante a melodia mais linda que se conhece. Seja o amor que espera encontrar no mundo e nas pessoas, crie uma rede de amor.

Suavize, oportunize, aja em seu favor e em favor da humanidade. O tempo espera de você, assim como você espera do tempo.

Semeie coisas boas, faça parceria com pessoas que querem ver o sorriso verdadeiro no rosto das pessoas, alie-se a pessoas que se envolvem em promover a delicadeza, a gentileza, e potencialize as melhores energias, as melhores vibrações. O mal só confunde, o bem e a luz norteiam, a luz que emana não deixa dúvidas do que você realmente veio fazer neste mundo!


Bora lá, vem comigo, não temos tempo a perder! Construir, plantar, semear, viver, oportunizar o melhor dentro de nós. Mudar o mundo. Unidos somos mais fortes na construção de um mundo realmente mais digno e humano. Não temos tempo a perder!

A importância de estabelecer limites nas relações pessoais e profissionais

Artigo Anterior

O agir de Deus não tem falhas nem atraso. Ele sabe o tempo certo de todas as coisas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.