Notícias

Will Smith conta como foi rejeitado por Karyn Parsons, a Hillary de “Um Maluco no Pedaço”

Will Smith conta como foi
Comente!

Os fãs da icônica série dos anos 90, “Um Maluco no Pedaço”, encontraram mais uma fonte de boas histórias de bastidores e curiosidades sobre a série: o livro “Will”, de Will Smith, reúne memórias de carreira e vida pessoal do ator que foi protagonista da série.

Entre as revelações, o público tem debatido o quase-romance entre o ator e sua colega de elenco Karyn Parsons, que interpretou a prima de Will, Hillary Banks, na série. Segundo depoimento de Smith, ela priorizou o trabalho a um possível relacionamento.

“Ela foi esperta o suficiente para me dizer ‘claro que não’ quando tentei explicar que não éramos primos de verdade, então não haveria problema se namorássemos. Eu disse: ‘Eu juro que não vai atrapalhar nossa relação de trabalho.’ Ela sabia melhor do que eu – boa, KP”, escreveu Will em seu livro.

Segundo Will, Parsons tinha medo que um relacionamento amoroso poderia estragar a relação profissional dos dois, principalmente caso o lado pessoal não desse certo. Nos bastidores de “Um Maluco no Pedaço”, Will quebrou vínculos com Janet Hubert-Whitten, que interpretava a Tia Vivian, e isso custou o papel da atriz – os dois só fizeram as pazes 30 anos depois, na reunião da série.

No fim das contas, Will acabou ficando livre para o amor de sua vida: pouco tempo antes do fim da série, ele conheceu Jada Pinkett Smith, sua esposa e mãe dos filhos mais novos, Jaden e Willow.

Comente!

Influenciadora é cancelada por fazer unhas de gel em filha recém-nascida

Artigo Anterior

Bilionário abandona igreja mórmon e doa R$ 3,4 milhões a grupo LGBTQ+

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.