Comportamento

Will Smith e Chris Rock: devemos combater o bullying e o preconceito, mas é correto celebrar uma agressão?

Foto: Depositphotos
capa site Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Will Smith invadiu o palco na 94ª edição do “Oscar” e desferiu um tapa no rosto de Chris Rock por fazer piada sobre o corte de cabelo de Jada Pinkett Smith.

O “The Academy Awards”, ou simplesmente “Oscar”, é uma das mais famosas premiações de cinema mundial, criado em 1927, cuja primeira edição aconteceu em 1929, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Como a área estava em franca expansão no país na década de 1920, algumas personalidades se reuniram e criaram a “Academia de Artes e Ciências Cinematográficas”.

Não precisa nem sequer ter assistido a todas as produções que concorrem em cada edição, e mesmo assim o evento atrai um grande público todos os anos. Na maioria das categorias da premiação, é preciso ter conhecimento técnico para avaliar quem será o vencedor, mas os prêmios de “Melhor Filme” e “Melhor Filme Estrangeiro” são abertos a todos os membros.

O tapete vermelho, as roupas que as celebridades usam, os prêmios, as piadas e os memes são figurinhas carimbadas das edições. A falta de diversidade tem sido apontada como um dos principais problemas da premiação tanto no âmbito das escolhas dos melhores em cada categoria quanto em relação a quem comanda o evento.

Comemorando a 94ª edição, a Academia decidiu mudar e colocou Amy Schumer, Wanda Sykes e Regina Hall à frente da premiação cinematográfica, que desde 2019 já não contava mais com anfitriões. Mesmo com mudanças substanciais, um dos momentos mais falados do “Oscar 2022” foi a reação do ator Will Smith à piada do comediante Chris Rock sobre a saúde de sua esposa Jada Pinkett Smith.

2 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @willsmith

Chris Rock tinha sido convidado para apresentar o “Oscar de Melhor Documentário” deste ano e, enquanto estava no palco, fez algumas piadas com casais famosos da plateia, como Penélope Cruz e Javier Bardem. Ele também mirou Jada, dizendo que a amava e afirmando que ela iria estrear o filme “G.I. Jane 2” (“No limite da honra”, no Brasil) e que mal esperava para ver.

Enquanto acompanhava o discurso do comediante, Jada imediatamente fechou o semblante e demonstrou total desaprovação. No filme em questão, a protagonista Demi Moore raspa a cabeça para encarnar a personagem, fazendo referência ao atual visual de Pinkett. Porém, a atriz já falou publicamente que tem alopecia, uma doença autoimune que provoca a queda dos fios em algumas partes da cabeça.

3 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução/ Hollywood Pictures

Mesmo com a reação de Jada, Chris insistiu em afirmar que a piada era boa, mas se surpreendeu quando viu Will Smith subir no palco e caminhar em sua direção. Com as mãos para trás e rindo da situação, ele chegou a dizer “Lá vem ele”, enquanto o ator caminhava pacientemente até o apresentador. Em questão de segundos, Will deu um tapa no rosto do comediante e voltou ao seu lugar.

Impressionado, Chris Rock disse que o ator tinha acabado de esmurrá-lo. A plateia não compreendeu se a agressão foi encenada ou se houve um desentendimento entre os dois, e assim que Will Smith se sentou, gritou para Rock tirar o nome de sua esposa da boca.

4 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @chrisrock

Tentando explicar o que tinha acontecido, Chris disse que tinha sido apenas uma piada sobre “G.I. Jane”, mas Smith novamente lhe pediu para parar de falar o nome de sua mulher. A plateia começou a captar o clima de tensão e imediatamente ficou em silêncio, e o apresentador afirmou que ia parar, tentando descontrair dizendo que aquela tinha sido a “melhor noite da história da televisão”.

O que se segue já foi falado em muitos jornais, culminando com o Smith recebendo a estatueta de “Melhor Ator” pelo filme “King Richard: criando campeãs”. Will Smith ainda fez um emocionante discurso falando sobre os abusos que precisou aceitar ao longo da carreira, e finalizou agradecendo à sua família, à esposa e dizendo que esperava que a Academia o convidasse no ano seguinte. Foi ovacionado pelo público.

5 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @vanityfair

Chris Rock x Will Smith e Jada Pinkett Smith

Essa não é a primeira vez que o comediante faz piada sobre Jada, em 2016, ele apresentou o evento e disse que o casal Smith boicotou a cerimônia aderindo à campanha #OscarsSoWhite (o Oscar é muito branco, em tradução livre), sobre a falta de diversidade na premiação.

Chris Rock disse que o casal tinha “enlouquecido”, assim como o diretor Spike Lee, porque não tinham sido indicados a nenhuma categoria naquele ano, e afirmou que Jada boicotar o Oscar seria a mesma coisa que ele “boicotar a calcinha de Rihanna”, porque não tinha sido convidado.

Em seu monólogo, explicou que compreendia a raiva da atriz por não ter visto seu marido ser indicado pelo filme “Um homem entre gigantes”, referência ao filme que ele tinha estrelado. Chris finalizou dizendo que realmente não achava justo, assim como também não achava justo Will Smith receber US$ 20 milhões (R$ 95.388 milhões) pelo filme “Wild Wild West”, de 1999.

Repercussão

Nas redes sociais, muitos famosos ficaram do lado do ator e outros condenaram sua atitude, afirmando que a violência não pode ser a forma de resolução dos problemas. A atriz Mia Farrow, em sua conta do Twitter, disse que o que Chris Rock tinha dito era “apenas uma piada” e era isso o que ele sabia fazer. Ela ainda completou dizendo que amava “G.I. Jane”.

6 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Twitter/ @MiaFarrow

A comediante Kathy Griffin afirmou que achava uma prática ruim subir no palco e agredir um comediante, e que a partir de agora todas as pessoas dessa área teriam de começar a pensar seriamente em quem poderia se comportar igual a Will Smith, sentindo-se no direito de partir para o confronto físico em clubes de comédia e teatros.

7 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Twitter/ @kathygriffin

No Brasil, o escritor Fabrício Carpinejar fez uma publicação em sua página do Facebook, explicando que as pessoas tinham o direito de ir até o limite de sua honra, mas que Will Smith tinha tomado as dores da esposa, agindo “como se ela fosse dele”, tal qual uma propriedade. Para ele, deveria partir da atriz o que fazer diante da piada de Chris Rock, e não do marido, que usou a agressão para mostrar que a família era uma propriedade.

8 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Facebook/ Fabrício Carpinejar

A atriz Maíra Azevedo se posicionou favoravelmente ao ator em seu Instagram e explicou que não podemos confundir a violência empregada como resposta com a violência usada por quem quis propositalmente agredir. De acordo com ela, era visível o desconforto e o cansaço de Jada Pinkett, e que “ser tratada com escárnio faz parte da realidade de mulheres como ela”, fazendo referência ao número proporcionalmente maior de vítimas de violência negras no mundo.

9 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @tiamaoficial

De acordo com o jornal Los Angeles Times, a comediante Tiffany Haddish saiu em defesa de Will Smith e disse que a forma como ele defendeu sua esposa era o que todas as mulheres casadas esperam, principalmente quando elas estão feridas, como Jada. Ela ainda disse que era assim que os homens deveriam agir.

O filho do casal, Jaden, também usou seu Twitter para se manifestar sobre o assunto. No dia seguinte ao do evento, ele publicou que era assim que sua família resolvia os problemas, utilizando poucas palavras em uma curta sentença. Nos comentários, muitos usuários se valeram de memes da situação em inúmeros contextos.

10 Will Smith e Chris Rock devemos combater o bullying e preconceito mas e correto celebrar uma agressao

Direitos autorais: Reprodução Twitter/ @jaden

Afinal, você acredita que o bullying e o preconceito podem ser combatidos empregando o uso da violência, ou nesse caso é preciso ter prudência para se posicionar para que outras pessoas também não saiam feridas?

0 %