Pessoas inspiradoras

Ypê vai doar 46 toneladas de sabão para moradores de favelas se protegerem do coronavírus

Ype vai doar 46 toneladas de sabao para moradores

Os produtos irão beneficiar moradores das favelas de Paraisópolis, em São Paulo e do Alemão, no Rio de Janeiro.



A principal recomendação das autoridades de saúde quanto ao combate do novo coronavírus diz respeito à higiene. Precisamos manter nossas mãos limpas e usar álcool gel sempre que possível. Mas, será que quem mora em favelas consegue seguir à risca todas essas determinações?

Muito provavelmente não. Por isso uma fábrica da marca brasileira Ypê, que fica na cidade de Amparo, no interior de São Paulo, decidiu contribuir para mudar a realidade de extrema pobreza em que vivem moradores dessas regiões.

A gigante do setor de produtos de higiene e limpeza anunciou que vai doar 46 toneladas de sabão em barras para comunidades carentes em São Paulo e no Rio de Janeiro.


Desse total, 21 toneladas serão destinadas para os moradores da favela de Paraisópolis, na capital paulista. Essa quantidade de produto equivale a 100 mil barras de sabão, volume que é o suficiente para atender a todas as famílias da comunidade por dois meses. Em Paraisópolis vivem cerca de 100 mil pessoas, conforme a revista Exame.

Mas a empresa não vai parar por aí! A Ypê também vai distribuir outras 25 toneladas do produto, que equivalem a 125 mil unidades de sabão, na favela do Alemão, no Rio de Janeiro.

A ação da empresa é de extrema importância, pois assim como o álcool gel, o sabão tem a capacidade de destruir a cápsula de gordura que envolve o novo coronavírus.

Consequentemente, o risco de propagação da doença diminui, se essa medida simples de higiene for executada frequentemente. O nosso contato com pessoas ou superfícies infectadas com o coronavírus é uma das principais formas de contaminação da doença.


Desde o início da pandemia, a marca vem reforçando ações para ajudar a barrar a propagação da doença pelo país. Recentemente, a empresa também divulgou que vai produzir e distribuir álcool gel de graça para os profissionais de saúde que atuam nos hospitais do país.

Com toda certeza, a iniciativa da marca vai beneficiar os moradores em situação de vulnerabilidade nas duas cidades. Quem mora em favelas, infelizmente, enfrenta dificuldades em qualquer período do ano.

Há falta de infraestrutura, saneamento básico, educação de qualidade e muitos outros fatores que tornam a rotina destas populações constantemente difícil.

Se para esses moradores é difícil trabalhar, estudar e às vezes até se alimentar direito, quem dirá gastar o pouco dinheiro que ainda têm comprando itens de higiene?


Redes solidárias como esta  têm o poder de atingir muitas pessoas, melhorando não só as suas vidas, mas de toda uma sociedade. Faça a sua parte!

Deixe o seu comentário e compartilhe essa iniciativa em suas redes sociais!

 

 Direitos autorais da imagem de capa: reprodução.


Menino de 9 anos se cura de câncer raro e agressivo no fígado!

Artigo Anterior

Todos os dias, Jesus bate à nossa porta procurando espaço em nosso coração

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.