Família

Alicia Silverstone choca ao contar que ainda dorme na mesma cama com o filho de 11 anos: “É natural”

Foto: Reprodução
alicia

Alicia Silverstone se esforça para ter um vínculo próximo com o filho, e não se importa com as críticas!

A conexão entre mães e filhos é algo que só eles podem entender. O amor, que começa a se formar mesmo antes dos pequenos chegarem ao mundo, fortalece-se cada vez mais com o passar do tempo, e se torna uma das maiores forças que ambos terão ao longo da vida.

O cuidado, a proteção e a dedicação que as mães têm por seus filhos são fundamentais para garantir que eles cresçam seguros, confiantes e com uma boa saúde emocional, e por isso é essencial que elas se empenhem em sua relação, especialmente nos primeiros anos das vidas dos filhos, que definirão a base para o seu futuro.
No entanto, algumas mães que realmente cultivam um vínculo próximo com os filhos podem acabar sendo alvo de críticas, especialmente depois que eles alcançam uma certa idade.

Nem mesmo as famosas estão livres dos dedos apontados da sociedade em direção a sua relação com os filhos. Recentemente, a atriz Alicia Silverstone, que protagonizou o clássico “As Patricinhas de Beverly Hills”, de 1995, tem gerado controvérsia ao relatar que tem uma relação muito próxima com o filho de 11 anos, e que ainda dorme na mesma cama do que ele.

Agora com 45 anos, a estrela de Hollywood apareceu no recentemente no The Ellen Fisher Podcast para falar sobre sua vida como vegana e como tem trabalhado para criar filhos saudáveis.

5 1

Direitos Autorais: Reprodução/Arquivo Pessoal

No entanto, a conversa foi se desenrolando e acabou chegando no clássico tema “dormir juntos”. Silverstone, então, revelou que ela sempre dormiu com seu filho, Bear, 11, que é fruto de sua união com o ex-marido Christopher Jarecki.

“Bear e eu ainda dormimos juntos”, disse ela, observando que ela está apenas “seguindo a natureza” com seu estilo parental.

Esse tipo de comportamento não costuma ser bem visto por todos os pais e mães, que acreditam que tira a privacidade dos casais e cria um apego não saudável nos pequenos.

Para defender o seu posicionamento, a atriz disse que em qualquer ambiente selvagem, onde animais habitam, se as mães colocam os seus filhotes para longe de si mesmas, eles não comidos, e que isso não é o ideal, dando a entender que com os humanos essa proximidade também deve existir.

3 5

Direitos Autorais: Reprodução/Podcast Ellen Fisher

Em um outro momento da conversa, ela classificou a maternidade como “a experiência mais preciosa e inacreditável deste mundo”, acrescentando que se trata de algo realmente divino para ela.

Silverstone também explicou por que não teve mais filhos, explicando que seu objetivo era “saborear cada momento” da vida de Bear primeiro.

“Eu queria ter mais [filhos], mas então meu relacionamento ficou confuso e não era um bom momento para trazer uma nova criança ao mundo”, disse ela. “Eu não queria ter um imediatamente porque eu estava tão apaixonada pelo meu Bear.”

2 6

Direitos Autorais: Reprodução/Arquivo Pessoal

“Eu queria aproveitar cada pequeno momento dele, então foi só quando ele tinha 3 anos que eu me senti pronta para ter outro bebê, mas não tinha um parceiro na época”, relatou. Até hoje, ele tem apenas Bear de filho.

Embora o comportamento de Alicia tenha sido compreendido por muitas mães “corujas”, que fazem questão de aproveitar cada momento ao lado dos seus pequenos, ela também acabou acumulando diversas críticas nas redes sociais.

4 1

Direitos Autorais: Reprodução/Arquivo Pessoal

Várias pessoas disseram que ela estava mimando o seu filho, e despertando nele um sentimento de apego de dependência, que o prejudicarão na vida adulta. Houve também quem a chamasse de irresponsável, mas ela não parece estar muito preocupada com o que os outros têm a dizer.