Comportamento

Noiva visita namorado no cemitério após perdê-lo 2 semanas antes do casamento

capa Noiva visita namorado no cemiterio apos perde lo 2 semanas antes do casamento
Comente!

As imagens rodaram o mundo e comoveram muitas pessoas. Confira!

Há cerca de dois anos, a jovem Sara Baluch, aos 22 anos, passou por uma dor intensa quando estava prestes a realizar o sonho do casamento. Fotos compartilhadas pelo mundo inteiro mostram-na ajoelhada no túmulo de seu noivo usando o vestido do casamento, que aconteceria apenas duas semanas depois de sua morte. O rapaz foi assassinado a tiros por um homem para quem estava vendendo um console Xbox.

Conforme contado em matéria do Daily Mail, Mohammad Sharifi, de apenas 24 anos, foi baleado e morto no estacionamento de um complexo de apartamentos em Hixson (Estados Unidos), onde venderia o seu Xbox One para D’Marcus White, um jovem de 20 anos que ele conheceu no Facebook Marketplace. O jovem de 20 anos foi acusado de homicídio criminoso.

A noiva foi a primeira a chegar ao hospital e, quando pediu informações aos funcionários sobre o quarto dele, foi informada de que seu noivo não estava no sistema, e minutos depois foi abordada por um enfermeira que lhe disse que sentia muito, mas ele não havia sobrevivido.

Baluch contou que ouvir essas palavras foi como se o mundo tivesse sido tirado de seus pés e ela estivesse caindo. Chegou a desmaiar, e quando se recuperou, foi levada ao quarto onde Mohammad estava.

Muito emocionada, a jovem relatou que, duas semanas depois da morte, Sharifi foi visitá-la em seus sonhos, e foi uma boa experiência, embora ela ainda estivesse sentindo muito a sua falta e quisesse estar ao seu lado.

2 Noiva visita namorado no cemiterio apos perde lo 2 semanas antes do casamento

Direitos autorais; Reprodução / Twitter.

No fim de semana em que aconteceria o casamento, Baluch colocou o seu vestido, que deveria marcar o dia mais feliz de suas vidas, e foi ao cemitério onde o amor de sua vida foi sepultado, nos arredores de Nashville (Tennessee).

Colocando o seu coração para fora, Baluch soluçou enquanto se ajoelhava na grama úmida pelas tempestades, acompanhada de entes queridos que se revezavam recitando orações e lendo o Alcorão. Pouco antes de a família deixar o local, a mãe da noiva substituiu o véu de noiva branco da filha por um preto.

A jovem, que teve de lidar com a dor do luto de maneira tão cruel e precoce, disse que todos que conheceram o casal acreditavam em seu amor e diziam que ele era tão poderoso, que nada nesta terra poderia separá-los, além da morte.

Tentando se consolar, ela acrescentou que o seu amor tinha que existir em um mundo diferente, porque era perfeito demais e parecia não natural.

Masoud, pai da jovem, descreveu o casal como “cheio de alegria” e contou que sempre que eles iam para sua casa, contaminavam todos os ambientes com alegria.

O jovem falecido estava quase para se formar na University of Tennessee Chattanooga. Vários amigos viajaram para prestar a última homenagem a Sharifi, o que, para seu pai, era uma prova do tipo de homem que ele era.

“Até irmos para o túmulo, não esqueceremos Mohammad”, disse o pai, acrescentando que o filho sempre fez o possível para agradar a todos.

3 Noiva visita namorado no cemiterio apos perde lo 2 semanas antes do casamento

Direitos autorais; Reprodução / Twitter.

Baluch confirmou os comentários do sogro, dizendo que tudo o que o noivo mais queria era fazer as pessoas sorrirem, e sempre se esforçava para isso. Para a jovem, essa é uma característica muito especial, já que “não se encontra esse tipo de cuidado nas pessoas”.

Certamente, a dor de perder alguém que amava com todo o seu coração a acompanhará por toda a vida.

Comente!

Gêmeos siameses comemoram primeiro emprego com salários individuais: “Reconheceram nosso talento”

Artigo Anterior

Jovem de 15 anos é estuprada após pedir R$ 20 para comprar comida, em Pernambuco

Próximo artigo