publicidade

Soltar! soltar! soltar!

Nada está determinado. Tudo são possibilidades. As possibilidades estão todas em aberto. O observador é quem tem o poder de escolha. Toda escolha tem um preço e você deve estar consciente disso.



A liberdade tem um preço alto e nem todos querem pagar. Este preço está relacionado com o poder se soltar.

Só valoriza a liberdade aquele que é consciente da escravidão e, às vezes, tornar-se consciente da própria escravidão leva tempo.

Todas as formas de escravidão estão relacionadas com apego em algum nível. Neste caso, o ego está no comando e ele faz de tudo para não sair do controle, ainda que esteja sofrendo. Este apego gera sofrimento e mais cedo ou mais tarde se torna insuportável.

Vivemos num universo mental e holográfico, portanto aquilo que você cria com o seu pensamento, sentimento e ações se materializa no tempo certo. As crenças escravizam o ego. O que o ego acredita torna-se realidade. Basta acreditar para ser real. O que se pensa que é real é real.


Soltar é improvável, é maravilhoso, causa perplexidade e parece loucura, porque é um ato de fé! Altera a percepção da realidade e gera profundas transformações pessoais e também coletivas.

Ser livre muda toda a estrutura, todo o status quo fica ameaçado. Soltar o ego é permitir que ele desempenhe a sua função sem os véus da ilusão de que é soberano. Ele não desaparece, apenas cede o controle para a Centelha Divina que existe dentro de cada um de nós.

Na medida que o ego solta o controle, ele se alinha à Centelha Divina, é neste momento que os interesses particulares deixam de prevalecer. Agora, todo o potencial recebido ao nascer pode ser usado ao máximo. Neste ponto, o conhecimento torna-se sabedoria e as dores e as experiências produzem conclusões preciosas. Soltar é uma dessas conclusões. A mais difícil delas.


Reconexão com a fonte é o resultado do ato de soltar. O que o estava prendendo foi desligado, você está no mundo, mas não é mais do mundo. Para o ego é difícil aceitar isso.

Quando se tenta prender se perde e toda vez que se solta há ganho. Quando o ego e a Centelha Divina estão em ressonância você pode experimentar viver em congruência entre o que você sente, o que você pensa e o que você faz. Essa é a reconexão com a fonte!

É isso que o faz acordar de segunda a domingo com os olhos brilhando, trabalhar vibrando, estudar vibrando e ajudar vibrando, luz, amor, alegria, cura!

Os resultados dependem de soltar a ansiedade, a liberdade depende de soltar o medo.

O desapego é a única solução. Soltar! Soltar! Soltar!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / simonapilolla

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.