Relacionamentos

Bruna Marquezine revela que confundiu paz do relacionamento com “tédio”: “Precisei de terapia”

bruna Marquezine revela que confundiu paz do relacionamento com tedio Precisei de terapia

Em uma entrevista, a atriz falou sobre a realidade de seu relacionamento atual. Confira!



Os relacionamentos românticos são algumas das conexões mais complicadas que podemos viver e também algumas dos que mais nos trazem aprendizados e maturidade.

Todos nós já tivemos pelo menos uma relação marcada por brigas, desentendimentos e até mesmo, manipulação emocional. Isso acontece porque não nascemos preparados, sabendo de todos os truques e sinais que revelam que alguém não merece a nossa companhia.

Nós nos apaixonamos muitas vezes, até que começamos a compreender como esses vínculos funcionam e que sempre precisamos colocar os próprios interesses em primeiro lugar, negando-nos a entregar o controle de nossa vida e felicidade nas mãos de outra pessoa.


No meio do percurso até essa claridade emocional, podemos entrar em relacionamentos em que a tranquilidade é algo raro ou até mesmo inexistente.

Seja pelas implicâncias e possessividade da outra pessoa ou mesmo nossas, vivemos em pé de guerra com o outro, o que condena a alegria de ambos por coisas que muitas vezes não valem a pena.

Conforme o tempo passa, aprendemos a nos relacionar romanticamente de maneira madura, mas a presença de nossos vínculos anteriores pode nos acompanhar na mente e no coração, tentando moldar nossos pensamentos e atitudes.

Pode ser um pouco complicado nos adaptarmos a uma nova relação, em que as coisas são realmente saudáveis e calmas, e não precisamos ter de lidar com conflitos o tempo todo.


Muitos de nós enfrentam esse obstáculo, que reflete o quanto o padrão de relacionamentos amorosos é corrompido, e baseado na ideia de que se relacionar com alguém é o mesmo do que pedir para sofrer e viver em constante infelicidade e cansaço emocional.

Nem mesmo os famosos, cujas vidas são mostradas como “perfeitas”, escapam dessa realidade. Em entrevista recente à Revista Elle, a atriz Bruna Marquezine, de 25 anos, revelou que viveu essa situação.

Atualmente em um relacionamento com Enzo Raia Celulari, filho da atriz Claudia Raia e do ator Edson Celulari, ela contou que precisou de terapia para se acostumar “com a paz de ter um relacionamento tranquilo”.

Segundo a atriz, em alguns momentos, ela chegou a confundir a tranquilidade com “tédio”, e que ficava em constante alerta, imaginando se estava faltando sentimento e se questionando se algo estava errado.


Bruna disse que, como atriz, apreciava as “reviravoltas” e a “intensidade”, mas que o seu novo amor, que combate o conceito de que precisa existir conflito, “é uma delícia”, acrescentando que “é muito potente viver dentro de um relacionamento de respeito, de admiração, de tranquilidade”.

A questão levantada pela atriz fez com que muitas pessoas se identificassem, e deu luz a uma área não tão explorada dos relacionamentos, deixando claro que é preciso aprendermos também a nos acostumar com os amores bons.

Você já teve um sentimento parecido? Como lidou com ele?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas redes sociais!


Mãe recebe críticas ao contar que nunca pede à filha que se desculpe: “Prefiro que aprenda pelos exemplos”

Artigo Anterior

Deixar seu filho fazer birra e pirraça na rua incomoda os outros e o torna mimado e imaturo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.