Comportamento

Em calor de 40°C, menina de 11 anos vai com short à escola, mas é mandada embora. “Inapropriado”

Reprodução / Newark Advertiser
capa Em calor de 40°C menina de 11 anos vai com short a escola mas e mandada embora Inapropriado

O pai da estudante ficou indignado com a posição da escola sobre o assunto. Confira!

O assunto “escola x roupa” sempre dá muito o que falar, pois as opiniões sobre as roupas próprias ou impróprias para os ambientes de estudo podem variar bastante. Recentemente, um pai da Inglaterra se revoltou pela maneira como a escola da sua filha lidou com uma questão bastante particular.

Uma matéria do Newark Advertiser contou que a escola Magnus Church of England Academy mandou cerca de 50 alunos de volta para casa por descumprir as regras de vestimenta da escola usando roupas “inapropriadas”.

A população do país está enfrentando calor intenso, com a temperatura chegando a 40°C. Por conta disso, a escola permitiu aos estudantes usarem seus kits de educação física durante os dois dias mais quentes da onda de calor na cidade.

No entanto, quando as crianças apareceram com essas roupas, a posição adotada pela escola foi drástica, impedindo meninos e meninas de assistirem às aulas. O pai de uma das meninas que teve de voltar para casa por causa da política de roupas da escola se revoltou com a situação e compartilhou seus pensamentos acerca da situação, dizendo que a instituição voltou atrás em sua decisão, mas prejudicou o aprendizado dos adolescentes.

Sua filha, de 11 anos, foi para a escola usando um short de atividades físicas, que vai até o meio da coxa e faz parte de seu kit de educação física. Segundo informado por ele, na política de vestimenta da escola, tudo o que consta é que os shorts precisam ser pretos.

Pai e filha acreditaram cumprir as ordens, portanto não se preocuparam com nada. No entanto, apenas 20 minutos após a estudante chegar à escola, o pai recebeu uma ligação pedindo para buscá-la, acrescentando que sua roupa não era apropriada e ela precisava trocar por um novo short para praticar educação física.

2 Em calor de 40°C menina de 11 anos vai com short a escola mas e mandada embora Inapropriado

Direitos autorais: Reprodução / Newark

O que diz a escola

Em declaração ao Newark Advertiser, a diretora executiva da Magnus, Anna Martin, disse que, embora eles saibam que muitas meninas gostem de usar shorts curtos nas aulas de educação física, essas não eram as roupas mais adequadas para um dia normal de estudo, por isso pediram aos alunos para voltar para casa e vestir trajes esportivos apropriados.

Martin ainda explicou que a mensagem foi enviada para os pais com antecedência, e várias meninas que usaram essa peça de roupa curta “voltaram para casa com uma postura de obediência”.

A mensagem enviada aos pais dizia: “Os alunos podem usar seu uniforme escolar normal, sem blazer e gravata, ou podem usar seu kit de educação física. Observe que shorts estilo shortinho não fazem parte do kit e não devem ser usados”.

O pai defendeu seu ponto, dizendo que os shorts de sua filha são adequados para praticar exercícios e foram comprados em uma loja de esportes, portanto não são “shorts curtinhos” que descumprem as regras. Ele acrescentou que não comprará shorts novos para ela antes do fim do semestre.

Como se recusou a comprar novas roupas de educação física para a filha e também não quis que ela usasse seu uniforme escolar num período de calor extremo, a única opção foi a menina ficar afastada da escola nesses dias, mesmo a instituição de ensino dizendo que a sua ausência não estava sendo autorizada.

O pai, muito descontente com a postura da escola, disse que a posição da instituição é “bizarra”, ironizando a situação ao dizer: “Como se eles não tivessem perdido aprendizado suficiente”.