EU ME RECUSO A TE PROMETER O PARA SEMPRE



Uma amiga, quando lutava contra uma forma muito agressiva de câncer, uma vez me disse, “Pare de viver em `para sempres’ porque o sempre não é seu para dar de presente. Tudo o que você tem é o agora.” Estas palavras estão comigo desde então, e cada um dos meus relacionamentos sentiu os efeitos dissonantes de uma mudança de paradigma. Toda a minha perspectiva sobre a vida e amor mudou para sempre.

Eu entrei neste relacionamento com você como uma nova versão de mim mesma, firme quando se trata de amor, por isso não vou insultá-lo com promessas românticas que não posso cumprir. Não haverá  “para sempre” saindo de meus lábios. Eu aprendi que as expectativas são o que destroem mesmo o mais próximo e melhor dos relacionamentos. Tenho entendido que é difícil manter promessas porque a vida e o universo são imprevisíveis para nós. Eu tenho lido ultimamente sobre quão insignificante os seres humanos são, neste pequeno planeta azul, perdido em uma galáxia maciça de milhares de planetas e estrelas milhares de vezes maior do que o nosso – e essa tentativa desesperada de sermos grandes, eternos, se torna a queda definitiva de nossa espécie. Então eu vou recusar-me a prometer-lhe para sempre.

eu me recuso a te prometer2

Em vez disso, eu prometo a você agora. Em vez disso, eu prometo a você o presente, pois é o único presente que nós realmente temos que dar um ao outro. Neste momento, eu prometo amar-lhe o melhor que eu puder te amo. Nesta segunda, eu prometo dar-lhe todo o meu coração – livre dos amores do passado que ter quebrado, e livres dos futuros medos de se você pode quebrá-lo.

Neste momento, eu dou-lhe tudo o que posso, eventualmente, dar-lhe. Por isso, vamos fazer o melhor que pudermos, viver ao máximo. No riso, vamos sorrir mais do que sorrimos em toda a nossa vida, e no amor, amemos mais do que alguma vez já amamos. Não sabemos sobre o amanhã, então não podemos prometermos um ao outro uma coisa que não sabemos. Mas me diga o que você gostaria de fazer agora, e vamos fazer, sem perguntas.

Vamos dar uma longa caminhada na floresta de sua infância, e você pode me contar suas memórias, uma por uma. Vamos assistir nossos filmes favoritos. Vamos celebrar os momentos em vez de anos. Vamos ficar bêbados até cairmos no sono nos braços um do outro. Eu prometo a você um amor como nenhum outro, um amor sem expectativa, um amor que te ama inteiro, um amor sem “para sempre”, mas um amor com raízes que crescem.

Eu não quero para sempre. Quero apenas agora. Eu não quero sempre. Quero nos lembremos um do outro, e isso é tudo o que podemos prometer, porque, no final, isso é tudo o que os seres humanos podem fazer.



Nós somos pequenos, frágeis e insignificantes no grande esquema das coisas. E nem o universo, nem o tempo vão esperar por nós ou nos amar, ou dar um giro em nossas vidas para que possamos estar juntos. Por isso é tão importante para nós valorizarmos este momento, porque esse momento é tudo o que temos.

Quem sabe se o amanhã vai ser o mesmo? Quem pode dizer se esta noite é a última vez que nos veremos?

Eu preferiria te amar sem os arrependimentos que o “para sempre” traz consigo, do que lamentar te amar.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.