Família

Hugh Jackman reata relação com mãe que o abandonou há 44 anos. “Fizemos as pazes, é o que importa”

O ator de Hollywood tinha apenas 8 anos quando ela decidiu abandonar a família, e deixou todos para trás mas, há cerca de 10 anos, eles vêm tentando retomar a relação.



O abandono parental é um assunto sério, capaz de provocar uma sucessão de traumas e inseguranças nas crianças.

Acreditando que possuem algum tipo de culpa naquela decisão do adulto, muitas se sentem rejeitadas, outras passam a enxergar com desconfiança qualquer representação de amor, entre outros tipos de manifestações dessa ausência.

Sabemos que, historicamente e socialmente, os homens são os que mais abandonam seus filhos; apenas no Brasil, estima-se que cerca de 5,5 milhões de crianças não tenham o registro do pai na certidão de nascimento, de acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 2019. Mas existem históricos de mães que abandonam os filhos, embora não seja em números tão significativos.


O ator de Hollywood, Hugh Jackman, compartilhou em suas redes sociais uma foto abraçado à sua mãe em sua conta pessoal. Fãs e amigos mandaram mensagens de carinho, principalmente porque ele e a mãe Grace McNeil estão tentando fortalecer o relacionamento há cerca de dez anos.

Ela abandonou a família quando o filho tinha apenas 8 anos, evento que ele classifica como “traumático”. Aos 52 anos, ele revelou em diversas entrevistas como se sentiu triste e traumatizado quando a mãe saiu da Austrália e voltou ao Reino Unido, sem sequer se despedir adequadamente.

Hugh conta que estava saindo para ir à escola, de manhã, como sempre fazia, e ela estava com uma toalha enrolada na cabeça e lhe deu “adeus”. Quando o menino voltou da escola, ela já não estava mais lá, e ele ainda precisou de mais cinco anos para compreender que ela não voltaria mais.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@thehughjackman.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@thehughjackman.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@thehughjackman.

Grace deixou a Austrália no fim dos anos 1970, e o marido Christopher Jackman ficou responsável por Hugh e os irmãos Ian e Ralph. Eles ficaram em Sidney, enquanto as irmãs Zoe e Sonya foram com ela para o Reino Unido. Mas a sensação de que todas, em algum momento, voltariam acabou tornando a situação indefinida, passando a se verem apenas uma vez por ano.

Hugh ainda revelou no programa 60 Minutes, em 2018, que seu pai costumava orar todas as noites para que a mãe voltasse. Mas o ator nunca sentiu que não era amado por ela, e chegou a falar em diversos momentos sobre o assunto com a mãe, descobrindo que ela também estava lutando.


Quando o ator nasceu, ela enfrentou uma forte depressão, e não tinha nenhuma rede de apoio na Austrália, o que a motivou a partir. Em 2011, o ator declarou ao The Sun que havia feito as pazes com ela, e que era apenas isso que importava. Após cerca de 10 anos tentando deixar a relação ainda mais próxima, Hugh compartilhou essa foto, que emocionou muita gente.

Escola expulsou menina de 13 anos da classe porque seu macacão “distraía” os meninos

Artigo Anterior

Mulher é encontrada morta após filho de 11 anos ligar para a polícia avisando sobre briga entre os pais

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.