Notícias

“Namoro na santidade”: maranhense viraliza por relacionamento sem beijo

Foto: Instagram
namoro

O casal compartilhou na web como conduz o seu relacionamento. Confira!

Os relacionamentos são mundos particulares, onde cada casal decide aquilo que funciona melhor para si, dentro e fora das quatro paredes do quarto.

Enquanto alguns são a favor da liberdade, e se deixam guiar apenas pelos desejos, outros seguem linhas mais conservadoras, condizentes com seus valores e crenças. Esse é o caso de Isabela Nogueira Silva, 24, e Henrique Dias Silva, 23, de São Luís, no Maranhão.

Nas redes sociais, o casal que está junto há um ano e três meses contou que até hoje não conheceu o gosto dos lábios um do outro. Eles escolheram não se beijar e nem fazer sexo até o dia do seu casamento, que está marcado para daqui há 10 meses.

“Lembrando que não é regra: é a nossa vida e aquilo que vivemos”, Isabela escreveu nas redes sociais. No TikTok, eles falam abertamente sobre o assunto, e seus vídeos já somam quase 3 milhões de visualizações.

Nas publicações, a jovem fala sobre algumas das medidas de prevenção que os dois tomam, como evitar ficar sozinhos em lugares privados, para que a tentação não fale mais alto. Eles nem mesmo ficam sozinhos em casa para assistir a um filme, e preferem “pecar pelo excesso”.

Em uma entrevista ao Universa, ela contou que conheceu o namorado na igreja, e que eles já beijaram os ex, mas que em seu relacionamento em especial, resolveram esperar até o casamento.

Os dois resolveram seguir essa regra juntos, e explicam que sentem atração física um pelo outro mesmo sem beijar.

Mesmo dentro de suas crenças, Isabela não considera beijar um pecado e não é por isso que está esperando seu casamento para enfim, unir os lábios aos do noivo. Ela diz que na Bíblia não há proibição para os beijos, mas como eles podem levar ao sexo, que veem como pecado, preferem evitar.  Além disso, ela sempre teve o sonho de casar virgem.

Juntos há um ano e três meses, Isabela e Thiago se conheceram há quatro anos, mas o relacionamento é mais recente.

Por se tratar de algo incomum, no princípio as famílias acharam suas escolhas estranhas, mas os apoiam, e até ficam juntos para evitar deixar os pombinhos sozinhos.

A inspiração para a escolha vem de outros casais, da mesma igreja, que tomaram a decisão de se beijarem só após o casamento e que hoje são felizes.

Isabela não se arrepende da sua escolha e acredita que beijar pode até ajudar a confundir os sentimentos que você tem pelo outro. Ela disse que os beijos a podem acabar influenciando a escolher uma pessoa apenas porque beija bem, mas não saberá como ele é como pessoal. A jovem se alegra de sua escolha e conta que vê o namorado por inteiro e o ama até com seus defeitos.

Sobre compartilhar sua história nas redes sociais, Isabela explica que a intenção do vídeo não é converter nem catequizar ninguém, mas sim apenas ajudar aquelas pessoas que querem seguir o mesmo caminho a evitarem as tentações.