ColunistasAmorReflexão

Não será quando você quiser, mas sim quando você merecer.

NAO SERÁ QUANDO VOCE QUISER FOTO DE CAPAA

Somos os nossos sonhos, os nossos desejos, os nossos anseios. O que queremos diz muito sobre nós. A motivação é o nosso maior combustível. O que você deseja? O que te motiva? O que te rege?



Querer nem sempre é poder porque poder depende do quanto estamos preparados para receber o que a vida possa vir a nos dar.

Queremos tantas coisas de origem material, queremos também melhores empregos, viagens fantásticas, festas deslumbrantes; entretanto queremos também relações. Queremos o outro, queremos um outro qualquer que nos venha tapar os buracos, completar os vazios, limpas as sujeiras, o pó e as ferrugens.

Mas o amor não vem quando a gente quer, ele vem quando a gente finalmente o merece.


NAO SERÁ QUANDO VOCE QUISER - FOTO 001

O amor não vem enquanto da nossa boca sair o ódio em palavras, enquanto das nossas mãos o ódio se concretizar em ações.

O amor não vem quando o procuramos carregando em punhos os crivos dos nossos pré-requisitos mundanos que segregam gente em prateleiras, que não aceita nem perdoa a quem não nos interessa.

O amor não vem para quem não suporta quem pensa, age e vive de forma diferente, nem tampouco para indivíduos cujos valores e cujas vidas são envolvidas em desejos de vingança, de intolerância e sem compaixão alguma, sem respeito algum pelo outro.


Amar quem não nos frustra é muito fácil e muito confortável. Esperar um amor que nos supra é talvez um dos impulsos mais egoístas que podemos ter, mas o amor não vem para quem o quer apenas para o uso.

Se o que você quer ainda não veio, pergunte-se se você merece o que deseja. Se o amor, a felicidade, a realização, a paz ou qualquer anseio parecido não chegou, comece a conferir se tens um espaço no qual tudo isso possa entrar se tens um ambiente favorável para receber o que tanto sonhas ter.

Porque nenhuma semente cresce em terra ruim, em solo impregnado, em terreno envenenado; e o ódio, a mágoa, a intolerância, o egocentrismo, o rancor – todos eles envenenam o corpo e a alma.

Não foi a vida que lhe fez desprovido de sorte, nem lhe quer infeliz. Não é a inveja alheia que lhe prejudica. Antes de se sentir tão invejado, exercite a humildade.


A felicidade é vista e vivida das mais variadas formas por gente de todo tipo. Não existe pré-requisito para ser amado e realizado. O que existe é a incapacidade de receber o bom da vida, de plantar dentro de si o que lhe faz incompatível com o afeto.

Somos muito mais responsáveis por cada capítulo das nossas vidas do que imaginamos, o papel de protagonista e diretor da peça chamada vida é nosso.

Não, não vai ser quando você quiser, mas será sim quando você merecer. Vai ser quando estiver pronto, quando tiver entendido os verdadeiros valores a seguir e quando finalmente perceber que quem gasta tempo e energia odiando, torna-se cada vez mais incapaz de amar e vai – dia após dia -distanciando de si toda luz e toda a energia de amor que alimenta o universo.

NAO SERÁ QUANDO VOCE QUISER - FOTO 02


É fácil amar o espelho. É fácil amar quem desejamos. É fácil amar os nossos filhos e todos que nos reforçam e nos motivam, entretanto, mesmo sendo tão difícil amar a todos incondicionalmente, é necessário pelo menos não odiar ninguém.

Enquanto o ódio for cultivado dentro de nós, ele há de ocupar o espaço do amor e há de sugar nossas forças.

São duas energias inversas que nos regem e estas já foram simbolizadas de várias formas e já receberam vários nomes: yin e yang, céu e inferno, deus e diabo, bem e mal, luz e escuridão… Elas brigam dentro de nós o tempo todo e enquanto uma delas vencer a batalha, a outra não terá como ser a regente da nossa história.

Mais do que querer, busque merecer o amor.


Não planeje vingança, planeje viagens!

Artigo Anterior

O quanto as pessoas são importantes em nossas vidas…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.