6min. de leitura

10 palavras tóxicas para eliminar de sua vida:

Muitas pessoas não prestam atenção ao padrão de palavras que usam em suas vidas. Acreditam que cada palavra é escolhida ao acaso, para ilustrar o que estão tentando dizer e que não existe nenhuma conexão entre nossa realidade e nosso vocabulário.


No entanto, não é bem assim. Um estudo da Universidade VU em Amsterdã concluiu que as palavras usadas pelas pessoas extrovertidas e introvertidas são muito diferentes.
As pessoas introvertidas têm uma linguagem mais cautelosa e usam muito as palavras “talvez” e “provavelmente”. Já as pessoas extrovertidas usam palavras mais vagas e abstratas, mas são mais claras para transmitir o que desejam.

Abaixo está uma lista de palavras tóxicas para você eliminar de sua vida, se deseja conservar verdadeira felicidade:

1. Culpa

Usamos essa palavra muitas vezes, mas não entendemos plenamente o seu significado. Sentir-se culpado quer dizer que existe algo errado em nós, que nossos comportamentos ou características pessoais são inadequadas, e esse sentimento provoca em nós uma grande angústia e tristeza. Ao invés de dizer que algo é sua culpa, diga frases como “Sinto muito/ Lamento pelo que fiz”. Essas frases transmitem que nosso comportamento não foi positivo, mas que nem por isso existe algo de errado conosco.


2. Fracasso

Se formos analisar profundamente, o fracasso realmente não existe, é só uma outra palavra para lição de vida. Todas as vezes em que falhamos, estamos aprendendo uma maneira errada de fazer as coisas, e isso nos aproxima cada vez mais do sucesso, do certo. Quando você absorve essa palavra e passa a considerar suas lições como falhas, está se conformando com os padrões de sucesso sociedade, e caso não se encaixe, irá se considerar um fracasso. Ao invés de se referir aos seus erros como fracassos, trate-os como experiências de vida.



3. Dever

A palavra dever representa todas as coisas que não queremos fazer, mas que precisamos. Muitas pessoas vivem suas vidas dando valor apenas aos seus deveres, e nunca aos seus desejos. Isso não é saudável e pode levar à insatisfação. Busque as coisas que façam sua vida melhor e permita que aqueles ao seu redor façam o mesmo.


4. Impossível

Não iremos pregar um positivismo ingênuo, é importante entender a realidade da vida e ser realista. O problema é que usamos a palavra impossível em excesso. Esse hábito de considerar tudo difícil demais para ser realizado nos faz fechar as portas para um mundo de oportunidades que podem ser conquistadas com determinação e dedicação. Considerar oportunidades e probabilidades é melhor do que se limitar com um “impossível” precoce.


5. Ódio

O ódio é uma emoção tóxica e totalmente prejudicial, especialmente para a pessoa que conserva esse sentimento dentro de si mesma. Temos a tendência de confundir alguns sentimentos, e muitas vezes o ódio que afirmamos nutrir por outra pessoa pode ser rancor, raiva ou decepção. Ao rotularmos alguma dessas emoções como ódio, ela irá crescer e tornar-se cada vez mais negativa. Por esse motivo, é importante estar sempre ciente de todas as suas emoções.



6. Sempre

Essa palavra pode ser usada para o bem e para o mal. O problema acontece quando a usamos para acusar outra pessoa de alguma coisa, como: “eu não sei porque pensei que fosse mudar, você sempre faz isso”, ou então quando tentamos defender algo de uma maneira arrogante: “nós sempre fizemos as coisas desse jeito e deu certo.” A palavra sempre sugere estagnação, imobilidade, e por isso não condiz com a realidade, porque as coisas estão em constante mudança. Esta palavra geralmente denota uma resistência à mudança e a evolução, e por isso deve ser usada com muita cautela.


7. Nunca

Assim como a palavra sempre, o nunca também remete à imobilidade, e portanto não condiz a realidade da vida. O uso constante dessa palavra pode nos isolar das oportunidades e caminhos iluminados da vida. Esteja sempre aberto à mudança para que possa entrar no caminho mais positivo para seguir o seu verdadeiro propósito.


8. Problema

Nós tendemos a associar a palavra problema a dificuldades. E quando a usamos em excesso, nosso cérebro reage entrando em modo de estresse e ansiedade, o que nos faz mal e atrasa nosso caminho de vida. Nesse caso, temos duas opções: transformar os “problemas” em “oportunidades” ou substituir o problema pela palavra “desafio”, que aumenta a nossa motivação e desejo de superação.


9. Algum dia

A expressão “algum dia”, principalmente quando usada para objetivos que desejamos concluir, denotam uma inércia causada pelo medo do fracasso, de deixar a zona de conforto e a falta de confiança nos próprios talentos e capacidade de vitória.


10. Tentar

Muitas vezes quando dizemos que vamos tentar algo, transmitimos a mensagem de que não estamos confiantes ou comprometidos o suficiente, ou que não acreditamos em nossa capacidade de ser bem-sucedidos. Agir dessa maneira é começar algum projeto com negatividade, o que não traz bons resultados. Nem sempre conseguimos tudo o que desejamos, mas uma atitude positiva é de grande ajuda.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.