publicidade

Ative essa força interna que existe dentro de você. Transforme o negativo em positivo!

Queira transformar! Ative essa força interna que existe dentro de você. Seja a mudança que você deseja ver no mundo!

Transformar significa mudar uma coisa em outra diferente. A vida é marcada por transformações: o dia se transforma em noite; a criança se transforma em adulto; a semente se transforma em árvore; o magma se transforma em rocha.



Algumas transformações ocorrem de forma mecânica e espontânea; outras, por sua vez, somente se concretizam mediante a realização de um esforço. Neste caso, é preciso querer para transformar.

Sabemos, por exemplo, que a comida abastece o corpo humano com todas as substâncias necessárias à nossa saúde e vitalidade. O alimento entra pela boca e sofre uma série de transformações em nosso interior. Para tanto, existem órgãos específicos, que atuam mecânica e espontaneamente, digerindo o alimento, convertendo-o em energia e eliminando aquilo não foi aproveitado. A ingestão de alimentos ocorre em momentos bem definidos do dia e o corpo humano é capaz de sobreviver a alguns dias sem se alimentar.

Sabemos, também, que o ato de inspirar e expirar o ar é vital para a renovação do ser humano, mantendo-o vivo. O ar entra pelo nariz e sofre uma série de transformações em nosso interior. Para tanto, existem órgãos específicos, que atuam mecânica e espontaneamente, filtrando o ar, purificando-o e promovendo a sua distribuição pela corrente sanguínea e pelas células, eliminando aquilo que não foi aproveitado. O corpo humano é capaz de sobreviver poucos minutos sem respirar.


Porém, poucos se atentam para o fato de vivermos simultaneamente em dois âmbitos: no mundo físico exterior e no mundo psicológico interior.

Todos os acontecimentos oriundos da nossa troca diária com o mundo exterior chegam à mente humana sob a forma de impressões.

A alegria, a tristeza, a decepção, as preocupações, a confiança, a desconfiança, o amor, o ódio, a surpresa, a melancolia, a esperança, o desespero são apenas algumas dessas impressões.

Somos bombardeados por impressões a todo instante; é impossível viver sem elas. As impressões são captadas pelos sentidos vitais (olfato, tato, paladar, visão e audição), mas ao contrário do que acontece com a comida e o ar, não possuímos órgãos internos capazes de transformá-las mecânica e espontaneamente em algo diferente. Neste caso, a transformação ocorre somente por meio de um esforço: a prática da auto-observação, da autorreflexão íntima, do autodescobrimento.


Caso não sejam transformadas, muitas dessas impressões acabam por ferir a nossa mente, levando-nos a reações instantâneas de identificação: se nos agridem, automaticamente passamos a agredir também; se nos insultam, respondemos com outros insultos; se gritam conosco, gritamos mais alto ainda em resposta; se nos tratam com indiferença, fingimos ser indiferentes; se nos enganam, achamo-nos no direito de igualmente enganar ou assumimos o papel de vítima.

Estes comportamentos não acrescentam nada ao nosso ser. Pelo contrário: o polo negativo se duplica e assim vai ganhando cada vez mais força.

Trabalhe diariamente para que a consciência se interponha entre a mente e as impressões, buscando o estado de percepção alerta. Persista neste querer! Um ovo, quando rompido por uma força externa, parte-se em mil pedaços e a vida ali dentro é imediatamente interrompida; todavia, se o ovo for rompido por uma força interna, a vida apenas começa…

Procure, incansavelmente, ativar essa força interna que existe dentro de você. Habitue-se a transformar o negativo em positivo! Mahatma Gandhi sabiamente disse: seja a mudança que você deseja ver no mundo.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: peus / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.