publicidade

Bombeiros de brumadinho embarcam para ajudar vítimas de ciclone em moçambique

Os bombeiros que trabalharam e ainda trabalham nos escombros da tragédia de Brumadinho, que aconteceu em 25 de janeiro de 2019, se tornam verdadeiros heróis nacionais!

Isso porque faziam as buscas por horas, sem descanso, arriscando suas vidas em lugares perigosos, e ainda assim seguiam empenhados, dando o seu melhor para honrar todos aqueles que foram perdidos e proporcionar às suas famílias a chance de se despedirem de seus amados.



Depois de ajudarem o Brasil, chegou a vez de esses incríveis profissionais prestarem ajuda à África, mais especificamente à Moçambique, onde o ciclone Idai deixou mais de 700 mortos e muitas pessoas vivas desabrigadas e com risco de contração de inúmeras doenças. Os militares brasileiros devem chegar em Moçambique nos próximos dias.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou a informação e explicou que os militares brasileiros terão a missão de ajudar na localização de pessoas vivas, além de apoiar aqueles que estão sem comida e lugar para ficar.

O ciclone Idai atingiu Moçambique e também Zimbábue e Malawi, os ventos chegaram a mais 170 quilômetros. A tragédia destruiu casas, causou inundações e fez com que milhares de pessoas perdessem o pouco que tinham para sobreviver. O evento pode se tornar a maior tragédia humana do Hemisfério Sul! São muitos mortos e milhares de desaparecidos.


Os sobreviventes lutam por suas vidas em meio ao caos e ao mesmo tempo rezam para que possam encontrar seus familiares com vida.

                                                  Direitos autorais da imagem: EBC/Reuters

Beira, município portuário e segunda maior cidade de Moçambique, quase foi 90% destruída pelo ciclone.

A situação é séria e é preciso muito dinheiro para reconstruir o que foi perdido e apoiar a população atingida a retomar suas vidas aos poucos. Por isso, a ONU (Organização das Nações Unidas) pediu 282 milhões de dólares, o que equivale a aproximadamente 1 bilhão de reais em doações, para serem capazes de financiar ajuda para Moçambique pelos próximos três meses.

Ficamos muito felizes em saber que os profissionais do nosso país podem ser de grande ajuda para o povo africano que está passando por um momento de muita dor e destruição, semelhante ao que atingiu a todos nós no início deste ano.

Esperamos que o seu trabalho possa ser aproveitado da melhor maneira possível no continente africano, e que as pessoas por lá possam encontrar força para recomeçar.


Nossos parabéns aos bombeiros brasileiros pelo trabalho!


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.