Chega um momento que é preciso dar o grito de independência emocional!

Chega um momento em que é preciso desprender-se. Desprender-se daquele apego que em nada leva sua vida pra frente. Desprender-se de quem te maltrata a alma e nunca lhe deu nada em troca a não ser ingratidão.



Chega um momento em que é preciso colorir muros, pintar paredes, rabiscar as coisas que você almeja a giz ou em letras garrafais e como um mantra, atrair para si coisas boas, atrair dias melhores e pessoas especiais.

Sim elas existem. Elas te merecem assim como você as merece, pois você tem que aprender o caminho da felicidade.

Você tem que limpar seus chacras e pôr um fim naquilo que não dá mais.
Chega um momento que é hora de repaginar os sonhos, e dar um viço melhor a sua própria alma.


Aquele momento em que você se arruma de dentro pra fora e mostra a si mesmo que consegue refletir luz e serenidade sem se esforçar pra agradar ninguém.

Todo esse sofrimento que um dia ficou acumulado merece sair pela porta da frente, merece sair pra nunca mais voltar.

É assim que você precisa imaginar e fazer acontecer.
Não existe vitória sem batalha, não existe cura sem que se busque uma saída para seus problemas.


Um dia você vai olhar pra trás, vai dar uma espiadinha e ver que foi melhor andar pra frente, vai ver que você acordou pra vida, pras coisas espirituais que regem teu destino.

Vai ver que um segundo de gratidão e um amém abençoado por Deus, te protegerá pelo resto do dia. Que teu sorriso é a moldura mais bonita do teu rosto e que você não deve abandoná-lo em alguma esquina fria e vazia.

Chega um momento em que é preciso dar o grito de independência emocional e se fazer valer de seus direitos como ser humano.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.