Comportamento

Com patrimônio de R$ 600 milhões, Quentin Tarantino se recusa a ajudar a mãe que não o apoiou

O premiado produtor de cinema contou sobre a conturbada relação com sua mãe durante entrevista. Confira!



Quando pensamos em nossos grandes apoiadores na vida, pessoas que sempre estiveram ao nosso lado, acreditando em nosso potencial, motivando-nos em meio às dificuldades e nos mostrando que éramos maiores do que qualquer um dos nossos problemas, as mães são alguns dos rostos que aparecem na mente de muitos de nós.

Isso porque tivemos o privilégio de contar com mães amorosas e dedicadas, que nos colocaram como prioridades desde o momento em que chegamos a este mundo, fazendo todos os sacrifícios necessários para nos proporcionar boa qualidade de vida.

Quando nutrimos essa relação positiva com nossas mães, é comum desejar recompensá-las por todo o seu esforço por nós e por abrir mão de tanta coisa para nos oferecer aquilo que desejávamos.


Essa relação de amor, empatia e doação é muito importante, e deve ser sempre valorizada, especialmente porque muitos de nós não têm a sorte de se dar bem com a mãe. Para essas pessoas, ao invés de retribuição, o que essas mulheres merecem é distância e portas fechadas.

O premiado cineasta Quentin Tarantino, que acumula dois Oscars, faz parte desse grupo, e recentemente se abriu sobre sua relação com a mãe. Segundo contado pelo USA Today, Tarantino falou em uma aparição no podcast “The Moment”, apresentado por Brian Koppelman, que sua mãe Connie Zastoupil dificultou sua carreira antes de ele se tornar famoso.

Tarantino contou que sempre teve o sonho de se tornar um escritor, mas enfrentava muitos desafios na escola. Um dia, enquanto Connie reclamava com ele sobre suas notas baixas, ela lhe disse algo de que o filho nunca esqueceria.

“Ah, e por falar nisso, essa pequena carreira de escritor?” – com aspas – “essa pequena carreira de escritor que você está criando? Ela acabou.” Nesse momento, Tarantino respondeu a ela: “Ok, senhora, quando eu me tornar um escritor de sucesso, você nunca verá um centavo do meu sucesso. Não haverá casa para você. Não há férias para você (…). Você não ganhará nada. Porque você disse isso.”


Aparentemente, o diretor não estava mentindo, porque, na maioria das vezes, ele não a ajudou nem lhe deu uma casa. Como um conselho a outros pais, o artista disse que é importante que eles observem a maneira como falam com os filhos, porque “existem consequências em usar um tom sarcástico ao falar sobre aquilo que importa para os filhos”.

Acreano, filho de mãe solteira e faxineira, é aprovado em Medicina após 7 anos tentando!

Artigo Anterior

Mãe colocou filho de 5 anos no porta-malas à força. Foi presa e acusada de abuso infantil

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.