4min. de leitura

Cuidado com suas atitudes, quando estiver dominado por emoções!

As emoções são uma grande parte de nossas vidas. Elas permitem que nos conheçamos melhor e nos ensinam a lidar com o mundo com mais sabedoria e a estabelecer relacionamentos mais significativos.

Diferentemente dos tempos antigos, quando as pessoas não consideravam as emoções tão importantes assim, hoje, é de conhecimento de muitos que elas são tão significativas quanto a razão, e influenciam todas as áreas de nossas vidas, principalmente ao que se refere à tomada de decisão.


Nesse contexto, uma consciência maior em relação às nossas emoções deve existir. É importante aprendermos a estabelecer limites, para não perdermos de vista outros pontos importantes a serem considerados ao tomarmos decisões sobre nossas vidas. As emoções são importantes e devem ser levadas em consideração, mas precisam ser equilibradas com a razão.

Quando as emoções sobressaem a razão

Muitas vezes, nós nos deixamos levar pelos sentimentos e abandonamos a razão. Isso normalmente nos leva a agir de forma precipitada, o que pode acarretar muitos arrependimentos mais tarde. Esses momentos são conhecidos como sequestros emocionais.

Os sequestros emocionais possuem uma explicação científica: o sistema límbico (responsável pelas emoções e comportamentos sociais) convoca todas os componentes do cérebro a desempenharem suas funções. Isso acontece rapidamente, em cerca de segundos, e gera uma reação no córtex pré-frontal, área ligada à reflexão, e dessa maneira não temos tempo para avaliar o que está acontecendo e tomar uma decisão racional.


Em outras palavras, a área do cérebro relacionada às emoções impede-nos de pensar. O problema é que o sistema límbico é uma área com um repertório de comportamentos muito restritos, o que nos cega porque nos impede de ver outras alternativas possíveis.

Como a área do cérebro ligada às emoções de alguma maneira nos impede de pensar com clareza, devemos ter cuidado com nossas atitudes quando estamos dominados por elas.



Cuidado com decisões permanentes baseadas em emoções temporárias

Nossas emoções não são nossas inimigas, mas devemos agir com cautela. É importante nos permitirmos tempo para analisar nossas atitudes, realmente pesarmos todos os lados, prós e contras e não apenas reagirmos ao que nos acontece. Dessa maneira, cuidaremos de nosso bem-estar e paz interior.

Nossas vidas seguem um fluxo, estão em constante transformação. Coloque sua vida em perspectiva, e quando você sentir que suas emoções estão assumindo o controle e nublando sua visão da razão, faça uma pausa e tente ampliar seu modo de enxergar as coisas. Só aja quando você estiver certo de que realmente é isso que deseja fazer. Desta maneira, você se poupará de muitos conflitos e arrependimentos e viverá mais feliz.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: bowie15 / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.