Comportamento

Mãe cortou o cabelo da filha após ex-marido fazer tranças afro sem a sua permissão

A atitude de revolta da mãe não agradou e fez com que ela fosse bastante criticada pelos internautas. Confira!



Quando se trata de filhos pequenos, os pais são totalmente responsáveis por aquilo que acontece em suas vidas, e precisam trabalhar em conjunto para garantir que os interesses das crianças sejam colocados em primeiro lugar.

Muitas vezes, no entanto, essa regra não é seguida, especialmente quando se trata de casais separados, que são mal resolvidos entre si e acabam levando esse desconforto para a vida dos filhos, que nada têm a ver com os seus problemas.

No ano passado, um ex-casal se popularizou nas redes sociais, e o motivo não foi positivo. O pai de uma menina publicou imagens nas redes sociais que mostram sua ex-companheira cortando o cabelo da filha, que estava com tranças afro, porque não autorizou o homem a fazer o penteado na menina.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Chase Amili.

Segundo o Unilad, ele contou que foi ver os filhos na escola e os levou para cortar o cabelo, acabando por realizar as tranças na filha, o que não agradou em nada à mãe das crianças. Enquanto a mulher corta o cabelo da menina, diz ao ex-parceiro: “Eu não me importo! Eu disse para você parar de brincar comigo! Eu faço o cabelo da minha própria filha.”

A cena é bastante desagradável, não só porque a menina foi diretamente envolvida em uma discussão entre os seus pais, mas também porque ela chora muito enquanto tem o seu cabelo cortado contra a própria vontade.

Rapidamente, a publicação viralizou nas redes sociais, com muitas pessoas criticando o posicionamento da mulher. Alguns usuários disseram que ela foi maldosa, não pensou na filha e que jamais deveria prejudicar a criança apenas para atingir o ex-companheiro.


Justificando a sua atitude, a mãe explicou que as tranças haviam ficado muito apertadas e a pele da cabeça da menina estava inchada por causa do procedimento. Por isso, apesar de ser bonito, ela optou por fazer isso.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Chase Amili.

Também disse que a filha não precisava ir a um salão para que outra pessoa fizesse tranças em seu cabelo, quando ela mesma sabia muito bem como fazer o penteado. Embora cada um dos pais tenha seus motivos para agir como escolheu, os maiores prejudicados em situações como essas são as próprias crianças, que desde pequenas estão sendo envolvidas em situações que não podem resolver.


Homem trans foi demitido de empresa na véspera do primeiro dia: “Cota de pessoas diferentes atendida”

Artigo Anterior

Madrasta proibiu filha do noivo de ir ao seu casamento: “Ela é o erro dele”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.