ColunistasAmorRelacionamentos

O cara para dividir sofá…

O CARA CERTO PARA DIVIDIR O SOFÁ CAPA

Leia ouvindo: Jack Johnson – My Little Girl



Quando ele entrou na minha vida, decidi compartilhar meu cotidiano, histórias, opiniões, decisões. Quando ele ficou realmente na minha vida, me dei conta que era necessário dividir sofá, afinal, na cama todo mundo se acerta. E isso talvez tenha sido meu grande aprendizado sobre relacionamentos até aqui.

No sofá aparecem as primeiras opiniões diferentes, o espaço para se ajeitar é menor e não muito confortável. Entre tantas adversidades, se o casal se entende ali, o restante é fácil. Entre filmes de suspense e ação, tem uma comédia romântica, um documentário, um desenho animado, um seriado. Se ele não quer assistir tal filme, o jogo no Ipad é distração garantida. A escolha dele, independente da minha, é ficar ali, no pé com pé, mantendo a presença. Se é o tal seriado de suspense que eu não quero assistir, o computador e os e-mails pendentes são os meus aliados. Continuo ao lado dele, entre teclado agitado e cafunés animados.

O CARA PARA DIVIDIR SOFÁ FOTO DE DENTRO


Quando o sono bate no meio do filme, me ajeito graciosamente entre os seus braços e durmo em seu peito. Ôh travesseiro confortável esse. Ele também tira sonecas no meu colo e rouba beijos não muito demorados. Entendemos no sofá nossas diferenças e vontades. Nos adaptamos um ao outro e seguimos em frente.

O sofá é uma metáfora do amor. Onde as diferenças existem, mas são contornadas. O importante no sofá é o amor, o beijo roubado, o companheirismo em assistir o que o outro quer, em estar junto e principalmente, entender que as duas pessoas envolvidas tem desejos e necessidades diferentes. Ninguém precisa concordar o tempo todo, nem brigar diariamente para se entender. O segredo é se ajeitar.

Quando entendemos o movimento do amor damos espaço para ele acontecer. Não é só dividir a vida, dormir junto na cama, é preciso saber analisar os acontecimentos do sofá. Quando se entende que existe o horário do jogo e que também existe o horário da novela, é fácil falar sobre ceder.

Com ele aprendi a analise do sofá. Muito mais do que dividir a vida na rotina ou ir para a cama juntos, é preciso saber aproveitar os bons momentos no sofá.


Não levo muito jeito pra dizer que te amo…

Artigo Anterior

Ao universo, com amor…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.