Tem pessoas que passam por nossas vidas e deixam marcas…



Porque nem sempre quem se foi deixou uma marca ruim, e quem está, talvez, não lhe faça tão bem.

Tem pessoas que passam por nossas vidas e deixam marcas, e somos nós quem decidimos se vamos ficar com as boas lembranças ou as más.

Eu sei que é difícil, principalmente quando não fomos nós que escolhemos deixar.

Mas eu prefiro, sim, ficar com o lado bom da história.

Estou aqui falando de amor, relacionamentos amorosos. Nunca tive amores duradouros, mas os breves amores que passaram por minha vida sempre deixaram suas marcas.

Desde um novo gosto musical até uma nova forma de amar.  Cada relacionamento tem a sua proposta.

Às vezes, criamos expectativas demais sobre as pessoas que até esquecemos por quem realmente nos apaixonamos. 

Eu gostava do seu cafuné na hora de dormir, mas me preocupava mais com a sua ausência. Eu gostava muito do seu jeito articulado, mas me questionava sobre a sua falta de preocupação com o futuro.

Eu me preocupei em impressionar, e esqueci de verificar o que você realmente queria.



Não levo como erros, mas eu vou me preocupar com o que deixei de fazer ou vou me deliciar com as doces lembranças vividas?

Eu que escolho, é tão bom ser lembrado… e bem lembrado! Por isso escolho guardar as melhores memórias de cada um.  Não para viver de passado, mas para não guardar mágoas… porque um coração cheio de ressentimentos não está e nem nunca estará preparado para um novo amor.

Sou grata, extremamente grata por todos os relacionamentos que tive.  Sei que fui amada, sei que sou amada e sempre serei.

A mulher que fala hoje, foi construída em parte por cada um desses relacionamentos.  E posso dizer que me orgulho muito dela.

Orgulhe-se de você, do seu passado, e construa o seu futuro sempre com muito amor e sem mágoas. 

_________

Direitos autorais: mindof / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.