Comportamento

“Uma mulher deve envelhecer graciosamente, não tentar aparentar uma idade que não tem” (Carolina Herrera)

Em uma entrevista, a estilista foi sincera sobre suas opiniões acerca do envelhecimento feminino. Confira!



Um dos nomes de mais prestígio e respeito no universo da moda sem dúvidas é o de Carolina Herrera. A estilista venezuelana radicada nos Estados Unidos conquistou o mundo com o seu charme e elegância.

Desde 1980, quando sua grife se lançou na passarela, ela tem acumulado muita admiração e diversos prêmios, que refletem a competência e o valor do seu trabalho.

Toda a sua trajetória, até os dias atuais, faz dela uma grande inspiração para muitas mulheres, que se espelham não apenas em seu estilo, mas em sua maneira de enxergar a vida e a feminilidade.


Em entrevista ao Daily Mail, Carolina falou muito sinceramente sobre algumas opiniões pessoais acerca das mulheres e como devem se comportar em determinadas fases da vida.

Já no começo da entrevista, a estilista declarou que “nada envelhece mais uma mulher do que fingir que ainda é jovem”. Em seguida, diz que “uma mulher deve envelhecer graciosamente, e não tentar aparentar uma idade que não tem”.

Muito sincera, a estilista também emitiu sua opinião sobre os cabelos das mulheres mais velhas, dizendo que, a partir de certa idade, o cabelo curto combina melhor com elas e que cabelos compridos não “parecem certos”.

Como tem um estilo invejável e uma jovialidade incrível, Carolina deixou algumas dicas de estilo para mulheres de todas as idades. Entre alguns de seus conselhos estão:


  • Conhecer o próprio estilo.
  • Ter um espelho de corpo inteiro, para saber o que acrescentar ao próprio visual.
  • Ter uma blusa branca clássica.

  • Não usar minissaias e jeans (a não ser que você seja uma mulher jovem).
  • Priorizar roupas com mangas.
  • Evitar roupas pretas, especialmente durante o dia.
  • Tomar cuidado com os decotes.

  • Usar acessórios para dar um “brilho” ao visual.
  • Cuidar bem da pele.

O conselho final de Carolina Herrera é tentar parar de combater o envelhecimento, pois não há nada de errado em ficar mais velho. Ela diz que devemos vestir “o que achamos bonito” e que, se tivermos dúvidas, devemos pedir a opinião de alguém em quem confiamos e que será sincero conosco.


A estila acrescenta que não devemos ser “vítimas” da moda ou nos vestir de “maneira antiga”, apenas temos de encontrar algo que se enquadre em nossa personalidade em todas as fases da vida.

Herrera também explica que a elegância é formada por muitas coisas, não apenas aquilo que vestimos. Para ela, ser elegante tem a ver com a nossa atitude, e que não precisamos nos prender ao dinheiro, pois algumas mulheres podem gastar muito e não parecer nada elegantes.

Você concorda com as declarações da estilista?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas redes sociais!


Para ensinar filha de 7 anos o valor do dinheiro, mãe faz filha pagar contas em casa e divide opiniões

Artigo Anterior

Mulher faz “chá revelação de DNA” para parar boatos de ex-companheiro e viraliza!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.