Abstenha-se do conflito e preserve a sua paz!

Quantas vezes você já disse ou ouviu dizer sobre um caso alheio “essa briga é por besteira”, mas inúmeras vezes já entrou em conflito com alguém por algo bem mais irrelevante?

Ora, existem sim motivos chulos para se levar a uma discussão, mas o foco não está em determinar a relevância da razão, e sim em compreender que o mundo é movido a conflito.



Assim como se usa conflito para construir na ficção uma trama, tal é a vida real, onde as pessoas são diferentes, têm criações diferentes e visões diferentes. É inevitável que, ora ou outra, diferentes posições não se choquem.

Entenda, a vida existe para gerar movimento; o principal gerador de movimento é o conflito, e é justamente por isso que você não precisa abraçar toda altercação que aparece pelo caminho.

Saiba quando se abster, compreenda não só a necessidade de avaliar se a temática é digna ou não de discussão, mas também a normalidade que há nessas insurgências que, dependendo, podem ser ignoradas tão normalmente quanto.

Não nutra inimigos por um mero olhar

Muitas pessoas não precisam de mais que um olhar para começarem a se odiar mortalmente. Às vezes, criam-se situações desconfortáveis e desnecessárias sem nunca haver uma conversa, simplesmente porque um olhar foi mal interpretado. Tenha em mente que nem sempre que alguém estiver te olhando terá algo de negativo por trás. Às vezes pode ser simplesmente um olhar de curiosidade e mais nada, nutrido por terem gostado do seu penteado, do brinco que você está usando, etc.



Pare de apontar dedos e dizer que todos são falsos

O mundo não é o palácio da lealdade. Sempre haverá alguém para criticar um mínimo detalhe em você, e isso não significa que a pessoa seja falsa, mas que, simplesmente, está jogando conversa fora com outro alguém ou que não tem coragem de dizer na sua frente, para não magoá-lo. Na teoria, a ideia de dizer a verdade a todo momento, na cara de tudo e todos, pode parecer bonita, mas isso não funciona na sociedade e em diversas ocasiões faz-se desnecessário. Existe uma grande diferença entre sinceridade e inconveniência, você não precisa nutrir inimizade só porque outra pessoa criticou algo em você. Afinal, ninguém é perfeito, certo?


Tente ser mais complacente com a posição do próximo

Em alguns momentos deixamos o stress falar mais alto e decidimos comprar briga com uma pessoa, sem sequer entender a posição em que ela está. Por exemplo: quando você não consegue passar na bendita porta giratória do banco, esvazia os bolsos até a última moeda e a porta continua travando, então você desconta toda a sua indignação no segurança, que por sua vez só está ali para fazer o seu trabalho. Não é ele quem controla o detector de metais, nem quem o implementou no sistema de segurança. Ele só está ali cumprindo sua função, e reclamar com ele não vai adiantar.

Desapegue-se da ideia de que tudo que lhe diverge mereça sua revolta. O tempo todo os mais ínfimos acontecimentos estão instigando conflito, mas não temos a frieza para evitá-los pois estamos acostumados  com o modo caloroso de lidar com as coisas.


Quebre esse paradigma, pondere mais, acalme os ânimos e viva melhor. Façamos da paz mais que um conceito; um modo de levar a vida.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Nyul / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.