4min. de leitura

Após ver colega autista chorando no primeiro dia de aula, menino segura sua mão para acalmá-lo

Muitas coisas podem ser faladas sobre as crianças, mas com certeza uma das mais especiais é sobre o seu bom coração. 


Para elas, a maldade, a inveja e o egoísmo são coisas muito distantes. Sentimentos ruins não têm espaço em seu coração e elas conseguem enxergar todos a sua volta com muita empatia e respeito.

Elas constantemente nos dão grandes exemplos de como devemos viver a vida e também de como devemos tratar as pessoas ao nosso redor! 

Apesar de sua pouca idade, elas são muito sábias de espírito e coração e todas as suas atitudes são muito puras e espontâneas.

As crianças são protagonistas de algumas das histórias de amizade e carinho mais especiais que existem no mundo e a que contaremos hoje é uma dessas que colocam um sorriso em nossos rostos e nos fazem acreditam em um mundo melhor. 


Connor é um menino de 8 anos que recentemente passou por uma experiência memorável para todas as crianças: o primeiro dia de aula. Normalmente, esse é um momento de grande ansiedade, expectativas e em alguns casos medo e insegurança. 

Para Connor e sua família, esse poderia ser um momento ainda mais tenso do que o normal, devido ao fato do menino ser autista e enxergar as situações em sua vida de uma maneira muito particular. 

No entanto, felizmente ele pôde contar com uma grande auxílio, que além de ajudá-lo a se acalmar, também abriu as portas para uma grande amizade.


Christian, que também estava em seu primeiro dia de aula, não pôde deixar de notar que seu colega estava se sentindo muito sobrecarregado pelo ambiente. Ao ver Connor ansioso, chorando sozinho, Christian se aproximou e deu a mão para ele, em uma tentativa de confortá-lo e acalmá-lo.

A mãe de Christian se emocionou com a cena e resolveu registrá-la e publicá-la em suas redes sociais. 

Até então Christian e sua mãe não sabiam que o colega era autista, mas descobriram porque a imagem viralizou e chegou até a mãe de Connor, April Crites, que deixou um comentário na imagem dizendo o seguinte:

“Diga ao seu filho que eu disse muito obrigado! O menino que ele ajudou é meu filho, e ele é autista, preocupo-me todos os dias se ele vai ser intimidado ou não. O seu filho aqueceu o meu coração.”

E continuou:

“Agradeço ao seu filho pelo gesto de amor e gentileza. Connor sempre receou ser vítima de bullying quando fosse para a escola, por ser diferente”, e acrescentou “se houvesse mais meninos como o Christian, não teria que me preocupar.”

Courtney respondeu ao comentário dizendo que acreditava que os dois poderiam tornar-se “melhores amigos”.

Uma atitude muito especial vinda de uma criança, que mostra que ainda há esperanças de construirmos com mais amor e menos preconceitos.

Compartilhe este exemplo com seus amigos nas redes sociais!


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. 


Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: reprodução.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.