Como a lei da atração passou a fazer sentido para mim?

Quando você inocentemente conta sobre o seu problema, o universo também está ouvindo, e infelizmente ele não consegue entender que aquilo não faz bem para você, ele só capta a sua vibração, ou seja, o que você está emitindo.

Ok! Li “The Secret”, assisti a documentários e descobri que, em um passe de mágica, tudo daria certo a partir de então. Era só eu me concentrar naquilo que eu queria muito e em pouco tempo a coisa estaria feita.

Frustração! Esta é a palavra que definiu meus dias posteriores à minha “descoberta”. A lei da atração não funcionava para mim, e quando ela exercia algum poder em minha vida, este era inverso.

Tudo que eu não queria, de alguma forma, chegava até mim e aquilo que eu desejava muito, aos poucos, ficava mais e mais distante.

O segredo está aí: nós enfatizamos muito aquilo que não queremos e focamos nisso de tal maneira que ofuscamos aquilo que verdadeiramente merecemos.

Como eu sei disso? Preste atenção à sua vida num todo: amores, amigos, vida financeira, alegrias e tristezas. Por quais motivações você vive? Certamente você vai me responder que vive pela alegria, claro. Mas não é verdade! Você se relaciona com a alegria, desde que sua vida amorosa e financeira esteja bem. Se alguma delas não está, você liga para um amigo e desabafa. Afinal, os amigos não são para isso?

Acontece que quando você inocentemente conta sobre o seu problema, o universo também está ouvindo, e infelizmente ele não consegue entender que aquilo não faz bem para você, ele só capta a sua vibração, ou seja, o que você está emitindo.

Se enfatiza que não tem dinheiro, não terá. Se diz a todo momento que seu marido não é um bom homem, ele não será. Essa é a lei do retorno.

Você nunca percebeu que a pessoa que tem problemas com outra pessoa, na verdade, é a que mais convive com ela? Mas isso é óbvio, você me responde. Não podemos ter problemas com quem não está no nosso ciclo diário. Sim, eu concordo. Então, por que não conseguimos evitar uma relação ruim, se estamos em constante contato com a pessoa? Não seria mais fácil conversar, tentar manter um bom relacionamento? Por que isso é tão impossível, na maioria dos casos? Porque você, sem perceber, pede ao universo que a sua relação continue da maneira que está, emitindo a todo tempo coisas do tipo: Eu não gosto dessa pessoa, eu não quero ter que ver essa pessoa, eu não consigo ficar perto dessa pessoa.

O universo não entende o “não”, e sendo assim, para ele, você evidenciou o quanto gosta, quer ver e estar perto.

Outro exemplo muito importante: o que você compartilha em suas redes sociais? Certamente, todos os dias, as lembranças aparecem. Nunca notou que uma postagem “sem maldade” do ano passado, está por acaso, servindo para este ano também? Essa foi a primeira coisa que reparei. Quando colocamos no nosso perfil pessoal, brincadeiras como: “Este ano daria um jeito na minha vida, mas quando percebi já era natal… deixa para o próximo…”, estamos consequentemente empurrando nossos planos para o ano seguinte. E por quê? Por que já é dezembro, e não dá mais tempo? O universo não tira férias. Ele não quer saber se é natal, ano novo ou carnaval, ele continua agindo. Mas aí você salienta para ele que você parou por ali, e assim você perde um mês, um ano e adia algo que poderia ser seu amanhã.

Eu demorei, mas entendi. A lei da atração funciona sim, mas funcionar não significa dar facilmente tudo que você quer. Significa, antes de mais nada, que você seja o seu melhor amigo.

Em outras palavras: o universo procura um parceiro. Seja você esse parceiro, emita boas vibrações a ele, e ele lhe responderá com boas vibrações também.

Você pode mudar a sua vida. Aposte nisso! Essa é a minha meta, e a sua?


Direitos autorais da imagem de capa licenciada pelo site O Segredo: 123rf / iofoto



Deixe seu comentário