PerdoarAmor-Próprio

É assim que você se perdoa quando tudo dá errado…

é assim que você se

Deveria perdoar-me por como deixei meu coração ser partido por minhas próprias expectativas…



Agora, estou me acostumando a sentir decepção, tristeza e coração partido. Fui ferida por mentiras, promessas quebradas, traições, rejeições e tentei confiar. Muitas vezes, eu culpava o universo, perguntava-me o porquê  desse mundo estar cheio de pessoas cruéis. Mas então, com o tempo, eu percebi que estava errada.

Ao invés de culpar outras pessoas, eu deveria perdoar a mim mesma mais vezes.

Perdoar-me por voltar a confiar em pessoas que quebraram a minha confiança. Eu deveria ter abraçado a minha autoestima. Deveria ter mais coragem de ir embora, pois, algumas pessoas nunca veriam minhas batalhas, nem ficariam ao meu lado. Eu deveria parar de regar rosas mortas e tentar plantar outras, em outro jardim.


Deveria perdoar-me por colocar altas expectativas sobre as pessoas. Deveria perceber que não posso mudar as pessoas para atender aos meus próprios padrões e não posso esperar que elas sempre fiquem. Eu sempre devo lembrar que as pessoas são temporárias e eu sou minha própria salvadora. As pessoas estão muito ocupadas para me salvar.

Deveria perdoar-me por ignorar pessoas sinceras, pois estava muito ocupada perseguindo as erradas. E deveria olhar mais de perto ao meu redor e encontrar aquelas pessoas que realmente se preocupam comigo. Deveria apreciar aquelas que apreciam a minha presença, aquelas  que me aceitam, incondicionalmente.

Mas, acima de tudo, vou perdoar-me por ser o que sou.

Deveria perdoar-me por como deixei meu coração ser partido por minhas próprias expectativas, porque sou sempre muito dura comigo mesma e quero tudo perfeito. Devo perdoar-me  pelos erros e decisões ruins que tomei.


Eu deveria parar de me culpar pelos relacionamentos que não funcionaram. Deveria parar de tentar consertar tudo o que foi quebrado.

Perdoarei a mim mesma por como eu sempre comparei minha vida a dos outros, como desvalorizei todas as bênçãos que tinha, e como odeio minhas falhas em vez de amá-las.

De agora em diante, quando a vida parecer voltar-se contra mim, eu me amarei mais. Eu não vou me culpar por algo que não saiu como planejado, não vou dizer que sou estúpida se me apaixonar pela pessoa errada e não vou me arrepender de cada decisão que escolher tomar.

Vou abraçar meus erros e tentar o meu melhor: não os repetir. Talvez eu tenha quebrado minhas próprias promessas, talvez as pessoas esperassem que eu lutasse por elas, mas eu não o fiz. Mas, está tudo bem. Simplesmente porque os seres humanos cometem erros, e não devemos culpar a nós mesmos por isso e sim buscarmos ser pessoas melhores.


No final do dia, talvez, eu nunca seja boa o suficiente para todos, mas sei que sempre serei o suficiente para mim.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Thought Catalog


Como os introvertidos são no trabalho e nos relacionamentos:

Artigo Anterior

Foque no quadro geral: os reveses são somente detalhes pequenos…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.