Comportamento

“Ele queria trabalhar, mudar de vida”, diz tio de jovem de 19 anos, que morreu em acidente em Guaratuba

capa ele queria trabalhar 1

Tio de jovem de 19 anos disse que ajudou a pagar a passagem da viagem de ônibus que tirou a vida do sobrinho. Entenda!



Um grave acidente aconteceu na BR-376, em Guaratuba, litoral do Paraná, na última segunda-feira (25). Segundo informado pelo G1, o total de mortos é 19 e o de feridos, 31.

Segundo informações divulgadas pelo portal de notícias, a viagem começou em Ananindeua (PA) e teria como destino final São José (SC). Dois motoristas revezaram no percurso e um deles, que não se feriu, disse em depoimento à Polícia Civil que percebeu que o ônibus ficou sem freio pouco antes de capotar.

O motorista, de 67 anos, contou que desde 2014 vinha fazendo viagens esporádicas, trabalhando como autônomo, e essa era a terceira vez que fazia a mesma rota. O profissional ainda explicou que o ônibus tinha passado por manutenção antes de saírem do Pará, e que não havia demonstrado problemas até antes do trecho da serra catarinense, quando percebeu que a bomba de ar do freio estava se esvaziando muito rapidamente.


Segundo seu depoimento, o motorista assumiu a direção 30 minutos antes de o acidente acontecer.

imagem 3 Ele queria trabalhar 1

Direitos autorais: divulgação/BPMOA.

A polícia ainda relatou que o motorista disse ter tentado usar uma área de escape um quilômetro antes de o acidente acontecer, mas não conseguiu, já que havia um caminhão na faixa ao lado, isso o levou a bater na mureta e cair no barranco.

Foi realizado teste do bafômetro no motorista, e o resultado deu negativo. Após seu depoimento, ele foi liberado. O outro condutor ainda não foi localizado. Caso a perícia não corresponda com o relato do motorista, ele poderá responder por homicídio culposo.


Entre as vítimas do acidente está João Paulo Ferreira dos Santos, natural do Pará. Seu tio deu uma entrevista ao G1, ao qual disse que o jovem, de 19 anos, estava viajando a SC em busca de trabalho.

O homem falou que João é mais um jovem que “se vai” em busca de emprego e que o sobrinho queria trabalhar e mudar de vida. Ele acrescentou que ajudou João a pagar a passagem.

A Secretaria da Segurança Pública do Paraná divulgou uma nota na noite do dia 25, explicando que as autoridades do estado estão trabalhando junto às do Pará para oferecer suporte e esclarecimento sobre o ocorrido.

A TC Turismo disse que o ônibus foi fretado e que prestará apoio às vítimas e seus familiares.


Compartilhe a notícia em suas redes sociais!






Mulher recebe e-mail de vizinhas de condomínio pedindo que pare de usar “shortinhos”

Artigo Anterior

Mulher que apresentou reação alérgica ao pintar cabelo e teve morte cerebral terá órgãos doados

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.