Ensine seu(sua) filho(a) a amar

Mães, Pais, por favor, ensinem seus filhos a amar.

Diga a seu filho que todas as pessoas no mundo são merecedoras de amor e de respeito, não cabe a nós julgar. Se ele for branco, ensine a ele sobre cores e a beleza das suas diferenças. Se ele for negro, ensine a ele o mesmo.

Diga a ele que não importa quais os brinquedos que ele prefere, e muito menos importa com quais brinquedos o outro deseja brincar. Ensine que a vida do outro é exatamente o que isso diz: do outro. E que não caberá a ele julgar as escolhas que cada um fizer. Ensine a sua menina a amar meninos e meninas, igualmente. Ensine o seu menino a amar meninas e meninos, igualmente.

E ensine a ela ou ele que o mundo não foi feito para homens e mulheres, negros, pardos, brancos, amarelos ou indígenas, ensine que o mundo foi feito para pessoas, para seres humanos construírem seus sonhos e serem felizes, e LIVRES.

Faça com que ele perceba que nomenclaturas não são essenciais, que status não é relevante, que coisas são só coisas e que essencial mesmo é respeitar, os outros e a si mesmo.

Ensine-o sobre a ternura, sobre o poder curativo de um abraço apertado, sobre respeitar o espaço das pessoas e que as críticas não servem para nada.

Mostre a ele que ele não é obrigado a compartilhar do que não concorda, mas que ele não tem direito de ferir ninguém, com atos ou palavras, quando estiver em uma situação que considera errada. Deixe-o saber que é possível conviver com as diferenças e isso ser lindo.

Deixe-o saber que ele pode se afastar das coisas que não gosta, ao invés de destruí-las. Que vale a pena ser positivo e influenciar positivamente os amigos, os amores, a família e os desconhecidos que cruzarem seu caminho.

Faça-o saber o quão destruidora é a intolerância entre os povos. O quão amarga pode ser uma vida quando você acredita que o que é certo para você deve ser o certo para todo o mundo.

Ensine-o a amar os animais e a cuidar das flores. Acolha-o, respeite-o, ame-o como ele for, e com o que ele acreditar que é melhor para ele, pois o exemplo será a forma mais eficaz de ensiná-lo tudo isso.

Mães, Pais, por favor, ensinem seus filhos a amar. Pois o mundo anda triste, as pessoas se machucam demais por falta de amor e respeito ao próximo. Há uma maldade desenfreada na humanidade e precisamos salvar o que chamamos de vida e futuro.

Sobretudo, é nosso dever, seja por segurança ou gratidão a Deus ou ao Universo, por respeito às lembranças das constantes lutas dos nossos ancestrais, pela liberdade, pela igualdade, contra arbitrariedades e todo o tipo de violência, vencer a crueldade que hoje tenta fazer morada na mente da humanidade.

Então, se você acha que o seu filho merece ser amado, pense a respeito, ensine-o a amar. 


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / teksomolika



Deixe seu comentário