Comportamento

Homem admite que pediu para a esposa grávida ficar em outro quarto para que ele pudesse dormir melhor

capa Homem admite que pediu para esposa gravida ficar em outro quarto para que ele pudesse dormir melhor
Comente!

O assunto ganhou repercussão e gerou inúmeros debates em fórum online.

A gravidez é um momento bastante delicado para uma futura mãe, podendo causar muitos problemas de sono e noites agitadas, então é compreensível quando uma gestante pede para o marido dormir em outra cama, para assim poder descansar melhor e ter uma boa noite de sono. Mas o contrário também pode acontecer. Um homem procurou o Reddit e contou que fez a esposa dormir em outro quarto, pois não estava conseguindo ter uma noite tranquila de sono.

Ele contou que a esposa está no quinto mês de gravidez e que a gravidez tem sido difícil para os dois. Ele acrescentou que ela tem hiperêmese gravídica (enjoos matinais intensos) e que isso é extremamente estressante para ela, por isso, não consegue trabalhar nem em meio período e ele tem que pegar a maior parte da folga, trabalhar em tempo integral, das 8h às 19h. O marido ainda contou que, nos últimos dois meses, ela também sofreu de uma insônia terrível.

O homem ainda revelou que há muitas reviravoltas, que a esposa se levanta a cada poucos minutos para ir ao banheiro e que isso destrói completamente o seu sono. Ele contou que não queria parecer um idiota, mas que precisa acordar cedo para o trabalho, e como tem o sono sensível, acorda com facilidade com qualquer movimento repentino. Segundo ele, por um mês ele aguentou, até que decidiu que não podia mais lidar com isso, pois estava dormindo apenas cinco horas e é difícil trabalhar com sono limitado na indústria de tecnologia. O homem contou que decidiu contar para sua esposa, que suave e respeitosamente o entendeu.

O casal estava lidando bem com a divisão dos quartos, o grande problema surgiu quando a esposa do internauta, em tom de brincadeira, mencionou que dormia em outro quarto, quando seus pais os visitaram, o que acabou resultando na sogra do homem confrontando-o sobre isso. Ele contou que sua sogra o puxou de lado e perguntou o motivo de ele ter feito isso, o homem contou que explicou sua defesa e que ela disse que era o mínimo que ele poderia fazer para ajudá-la.

Após a visita dos sogros, o homem relatou que discutiu com a esposa, mas que se sentia culpado por isso. Porém logo depois o casal se reconciliou e ele passou a pensar se estava errado por realmente fazê-la dormir em um quarto separado ou se ele estava apenas cuidando de sua saúde.

O caso provocou inúmeros debates e ganhou repercussão no site australiano 9Honey. As opiniões estavam divididas quanto ao dilema do homem. Um internauta o respondeu dizendo que entendia sua necessidade de dormir para dar o melhor no trabalho, mas que ele iria ter um inferno quando o bebê nascesse. Outro concordou, dizendo que era verdade, mas ao mesmo tempo ele teria de lidar com 1+ anos de sono interrompido e que quando o bebê chegasse, seria ainda pior por causa dos vários meses de sono ruim.

Um internauta disse que lamentava que todos estivessem fazendo parecer que as circunstâncias não poderiam ser difíceis para ele, sendo que ele é o único com emprego integral e que a família depende desse trabalho.

Outros discordaram do fato de o marido começar uma discussão com a esposa. Uma pessoa comentou que o marido precisava dormir por ser o único provedor, mas que, no entanto, isso não era igual à quantidade de sofrimento que a esposa dele está tendo. Já outro acrescentou que não vê problema, já que isso está funcionando e os dois estão conseguindo o descanso necessário, mas enfatiza que a gravidez tem sido muito mais difícil para ela do que para ele, e ainda pede para o marido não fingir que está tão mal quanto a esposa.

Comente!

Idoso que passou o Natal sozinho por 20 anos se emociona com visita-surpresa e presentes

Artigo Anterior

Como um abrigo instalado há uma década salvou a vida de uma família durante a passagem de tornado nos EUA

Próximo artigo