Pessoas inspiradoras

Idoso sai de casa todos os dias para oferecer comida a moradores de rua e cães abandonados

2 capa Idoso sai de casa todos os dias para oferecer comida a moradores de rua e caes abandonados

Gernival Siqueira se mudou para Praia Grande, em 2019, com sua esposa Ione, mas começou a se sentir extremamente incomodado com a quantidade de pessoas em situação de rua que via.



Existem algumas pessoas que parecem ter sido enviadas à Terra com um propósito maior. Aparecem fazendo doações, ajudam o próximo, mesmo sem ter condições, saem semeando a bondade por onde passam. Enxergam como iguais todos que cruzam seu caminho, sem tratamento vertical. Todos são semelhantes.

Todos os dias, quando saímos de casa para enfrentar uma jornada de trabalho ou mesmo quando vamos apenas passear, nós nos deparamos com pessoas espalhadas pelas avenidas da cidade, pedindo dinheiro, alguma contribuição, alimento ou apenas alguém que enxergue e escute as histórias que têm para contar.

Tratados como invisíveis, os moradores em situação de rua são, muitas vezes, associados ao exemplo do fracasso e do vício, mesmo que ninguém tenha parado para compreender os motivos que os levaram até ali.


Definitivamente, ninguém se sente confortável em perambular por ruas vazias, madrugada adentro, precisando dormir no chão frio e duro, sem ter certeza se, no dia seguinte, terá algum alimento.

Muitas pessoas em situação de rua chegam a esse ponto porque se deparam com sucessivas desigualdades ao longo de uma vida inteira. Não conseguem frequentar a escola, não têm boas relações familiares, não arranjam emprego, e por aí vai.

E quem oferece emprego a quem não tem casa? Com certeza, são pouquíssimas pessoas e empresas. Elas precisam de oportunidades reais, de empregos bons, de alguém que as enxergue como indivíduos que têm sentimentos, vontades e sonhos. Ninguém deve passar fome, não importa o que a tenha feito chegar até ali, a fome e a sede não devem ser sentidas por ninguém.

2 2 Idoso sai de casa todos os dias para oferecer comida a moradores de rua e caes abandonados

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.


Gernival Siqueira da Silva é um senhor, de 67 anos que, todos os dias, às 6 horas da manhã, sai com sua bicicleta, distribuindo alimentos para os moradores em situação de rua e ração para os cachorros abandonados, desabrigados, porque suas famílias os rejeitaram. Essa atitude, além de demonstrar profunda empatia, não é algo pontual, pois Siqueira transformou isso em rotina.

A consultora imobiliária Michele Krachinski, todos os dias, durante um ano, via aquele senhor distribuindo alimentos e decidiu, então, perguntar se poderia fotografá-lo para pedir ajuda nas redes sociais com mais doações. Mesmo envergonhado, Siqueira permitiu que Michele o fotografasse. A postagem no Facebook teve mais de mil compartilhamentos e chamou a atenção de muitas pessoas e jornais.

2 3 Idoso sai de casa todos os dias para oferecer comida a moradores de rua e caes abandonados

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Siqueira usa o dinheiro de sua aposentadoria para alimentar as pessoas vulneráveis, em Praia Grande, e faz isso porque sente que precisa, um compromisso que assumiu consigo mesmo. Segundo reportagem do A Tribuna, ele e sua esposa Ione moram naquela região desde 2019, e todos os dias levantam bem cedo para preparar o café da manhã juntos.


Em uma bicicleta adaptada, Siqueira carrega mais de 50 litros de chá, achocolatado, bolachas e pão, além de ração para cães e gatos. Inicialmente, ele conta que fazia essas doações de carro, mas percebeu que tinha muita dificuldade para estacionar e reunir as pessoas, foi quando decidiu fazer tudo com a bicicleta.

Siqueira explica que muitas pessoas decidiram ajudá-lo, o que fez com que já começasse a ampliar as ações para a hora do almoço também, além de assistir as pessoas com roupas e cuidados higiênicos.

Muitas pessoas que recebem a ajuda desse senhor relatam que foram suas palavras de incentivo e a alimentação que fizeram com que arrumassem trabalho.

Gernival conta que uma experiência em sua vida fez com que ele aprendesse a tratar melhor as pessoas – perdeu mais de R$ 2 milhões por conta da sua “arrogância”. Quando “quebrou”, precisou se locomover apenas de bicicleta e começou a trabalhar no serviço educacional Lar Saúde, da Igreja Adventista do Sétimo Dia.


2 4 Idoso sai de casa todos os dias para oferecer comida a moradores de rua e caes abandonados

Direitos autorais: reprodução Facebook/Michele Krachinski.

O senhor começou a vender livros de autoajuda, de saúde, de como parar de fumar, de como se libertar das drogas e, naquele momento, começou a aprender como lidar com as pessoas. Gernival Siqueira aprendeu, com suas experiências, que pode fazer parte da construção de um mundo melhor, e hoje trabalha para tornar isso uma realidade.

Mesmo que muitos amigos ajudem e que as doações tenham começado a entrar de forma mais regular, suas ações acontecem todos os dias.

Existem alguns produtos que precisam ser comprados com regularidade. Quem quiser ajudar o Sr. Siqueira, basta entrar em contato pelo telefone (13) 99648-2807.


Belíssima atitude!

Comente e compartilhe-a nas suas redes sociais para que mais pessoas possam ajudar o Sr. Siqueira!

Menino com síndrome rara contraria expectativa dos médicos e sobrevive: “Não sou forte, apenas corajoso”

Artigo Anterior

Cãozinho abandonado em noite fria, apenas com uma toalha para se aquecer, é adotado. Lutou pela vida!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.