3min. de leitura

Igreja usa dízimo para quitar dívidas de 48 famílias de sua congregação

Contamos há pouco tempo a história de uma igreja brasileira que está dando um grande exemplo de amor ao próximo, caridade, e empatia ao usar dinheiro do dízimo para construir casas para os membros pobres poderem morar. Confira aqui.


Uma atitude inspiradora, e felizmente não é a única. Uma outra Igreja, dessa vez nos Estados Unidos, também está usando o dinheiro dos fiéis para o bem.

A Igreja “Worship Center Christian Church”, que fica no estado do Alabama reuniu recursos arrecadados através dos dízimos dos fieis para quitar dívidas de aproximadamente 48 famílias.

O pastor Vanable H. Moddy notou que muitas famílias estavam com problemas na vida financeira e que podia fazer algo para ajudá-las a “sair do buraco”:

“Nós sentimos o chamado para erradicar essas dívidas, porque queremos dar às pessoas um novo começo e ajudá-las a sair deste buraco”.


O valor dos dízimos chegou a aproximadamente 41 mil dólares e foi usado para o recomeço dessas famílias, longe das dívidas. O dinheiro foi doado pelos fiéis a pedido do pastor, que disse que com esse ato queria ser as “mãos e os pés de Jesus”, para aqueles que estão em dificuldade.

Esse não foi o primeiro ato de caridade da igreja. Ela já trabalha com moradores de rua, presidiários e na distribuição de alimentos. Vanable aborda as finanças frequentemente em suas pregações e justifica o porquê:

“Tivemos uma série de mensagens que ensina sobre as finanças, e uma das mensagens direcionadas foi sobre a importância de viver livre de dívidas. Nesta mensagem, tratei com a dor que a dívida realmente provoca nas pessoas e prejudica a qualidade de vida de diferentes maneiras”.


Além da ajuda financeira, as famílias também receberam aulas sobre gestão financeira para aprenderem a administrar seu dinheiro e viver com mais tranquilidade daqui para frente.

É importante reforçar que os fiéis estavam cientes do destino do dinheiro arrecadado. Eles doaram pelo sentimento de caridade e cuidado com o próximo, sabendo que poderia significar um novo começo para as famílias.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.