Animais

Nossos cães sofrem quando os deixamos sozinhos por muito tempo

Esses animais precisam de nossa atenção e carinho. Tenha cuidado com o seu cão!



Os cães são os nossos companheiros de vida, que estão ao nosso lado em todos os momentos e, muitas vezes, nos apoiam ainda mais do que as pessoas ao nosso redor.

Eles não foram feitos para serem deixados sozinhos em casa por horas ou até mesmo dias. Fazer isso é uma forma de maltrato, porque eles precisam de amor, cuidado e atenção.

Os cães são seres sociais, e precisam estar perto de seu grupo ou família para que se sintam felizes, realizados e úteis em seu meio de convívio.


Os cãezinhos não são todos iguais. Alguns são mais sensíveis e outros mais independentes, por assim dizer, mas nenhum deles deve ser “esquecido”. Mantenha isso em mente se tem cães ou se está pensando em trazer um para sua vida.

Assim como um filho, eles precisam de tempo ao lado de seus donos, o que pode ser complicado para aquelas pessoas que trabalham e não têm ninguém em casa com um horário mais flexível.

Se essa for a sua situação, faça uma reflexão sobre se realmente você é a pessoa mais adequada para criar um cãozinho. É preciso pensar no bem-estar do seu animal, acima de seu desejo de ter um cão.


Uma maneira de resolver a situação seria pedir para alguém em quem você confia cuidar de seu cão enquanto você está fora, ou levá-lo para sua casa por um tempo. Se isso não for possível, apenas uma ou duas horas por dia já é o suficiente para que o animal se sinta amado e querido.

Quando existe mais de um cachorro na casa, eles tendem a se apoiar enquanto estão sozinhos, fazendo companhia um para o outro e, assim, sofrendo menos, embora esse não seja um motivo para deixá-los à própria sorte.

Lembre-se de que os animais não foram feitos para ficarem presos, sem cuidados ou amor.


Cuide bem de seus cães e de qualquer outro animal que tiver. A forma como cuidamos de nossos animais diz muito sobre quem somos, e certamente influencia em nosso sucesso e felicidade na vida.

 


Faça como a lagarta que entra no problema rastejando e sai voando…

Artigo Anterior

Psicologia da atração: você sabe o que é?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.